Na volta de Rivaldo, Mogi vira contra Náutico e deixa lanterna - Atividade Esporte News
⚽Notícias

07 julho 2015

Na volta de Rivaldo, Mogi vira contra Náutico e deixa lanterna


Depois de 16 meses aposentado como jogador de futebol, Rivaldo voltou aos gramados na noite desta terça-feira e, mesmo tendo deixado o gramado quando o Mogi Mirim estava em desvantagem, pôde comemorar a vitória de virada de seu time por 2 a 1 sobre o Náutico, no estádio Romildo Ferreira.
O pentacampeão, eleito melhor jogador do mundo em 1999, não entrava em campo desde 9 de março do ano passado, quando atuou contra o São Bernardo, pelo Paulistão. Poucos dias depois, o meia anunciou o fim da carreira, mas a situação difícil do Mogi Mirim nesta Série B do Campeonato Brasileiro o fez decidir voltar aos gramados.
Assim, o jogador de 43 anos voltou aos gramados nesta terça, ficando em campo até os 22 minutos do segundo tempo, quando o Náutico tinha vantagem no placar, com gol de Douglas. Depois da saída do camisa 10, o clube do interior contou com dois gols de Serginho para virar.
Com sua primeira vitória na Série B, o Mogi Mirim chegou aos seis pontos, deixando a lanterna para ocupar a penúltima posição, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Ceará no complemento da rodada. Já o Náutico desperdiçou a chance de liderar, ficando com 21 pontos, agora fora do G4.
O jogo - O Mogi Mirim começou a partida tentando articular as jogadas com Rivaldo, que teve a primeira chance em avanço logo no início, mas perdeu o ângulo para dar sequência ao lance.
Apesar da forte marcação e da falta de ritmo, o camisa 10 teve a primeira boa chance dos anfitriões, aos 20 minutos. Em jogada pela direita, Geovane cruzou rasteiro e encontrou Rivaldo livre, mas o meia desviou para fora. Pouco depois, o atacante recebeu passe do capitão pela direita, carregou e chutou para fora.
Porém, o Náutico soube esperar para dar a resposta. Assim, os 30 minutos, o clube pernambucano abriu o placar. Em rápido contra-ataque, Douglas recebeu pela direita, deixou Fábio Sanches para trás e chutou cruzado na saída do goleiro Daniel.
Em seguida, o técnico Sérgio Guedes teve de fazer sua primeira alteração na partida, pois Bruno Veiga sentiu lesão e acabou substituído por Serginho. Antes do fim da etapa, Geovane e Serginho ainda arriscaram batidas de fora da área e erraram o alvo.
Na volta para o segundo tempo, o Náutico passou por sua primeira alteração, com Fillipe Soutto no lugar de Gil Mineiro. A primeira chance da etapa foi do Náutico, mas, depois de partir em velocidade, Renato arremata ao lado da meta.
A resposta do clube paulista saiu depois de falta sofrida por Rivaldo perto da meia-lua. O próprio camisa 10 fez a cobrança e exigiu a defesa do ex-corintiano Júlio César. Aos 22, Rivaldo deixou a partida, sendo substituído por Gustavo.
Apenas três minutos depois, o Mogi empatou o jogo. Matheus Ortigoza recebeu cruzamento da esquerda e ajeitou para Serginho, que chutou no canto para balançar a rede. A situação do Náutico ainda ficou pior depois que Gaston foi expulso. Logo depois, Gustavo bateu falta da direita e viu boa defesa de Júlio César.
Com um jogador a mais, o Mogi passou a pressionar os visitantes, e Gustavo recebeu boa chance na área, mas chutou em cima da marcação. Aos 36, Júlio César tirou quase de cima da linha antes de Matheus Ortigoza chutar. Aos 42, o Mogi enfim conseguiu a virada, em belo chute de fora da área de Serginho.

Fonte:Gazeta Esportiva

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top