Bellintani detona nível da arbitragem baiana e diz que espera 'que o campeonato de 2018 acabe de pé' - Atividade Esporte News
⚽Notícias

26 março 2018

Bellintani detona nível da arbitragem baiana e diz que espera 'que o campeonato de 2018 acabe de pé'

Foto:Divulgação
Apesar do triunfo por 3 a 0 sobre a Juazeirense que garantiu o Bahia na final do Campeonato Baiano, a cúpula tricolor não saiu da Arena Fonte Nova totalmente satisfeita, isso por conta da expulsão do lateral-direito Nino Paraíba, que foi expulso após receber o segundo cartão amarelo, num lance onde o árbitro Gleidson Santos Oliveira interpretou que ele teria simulado um pênalti.

Em entrevista, o presidente do Esquadrão, Guilherme Bellintani, se disse triste com o episódio e afirmou que o nível da arbitragem baiana é lamentável.

“Muito triste com o que aconteceu. A ausência que Nino faz no jogo da final é enorme, independente da gente ter o João Pedro já na transição, a gente de fato consegue ter dois atletas por posição hoje, mas é lamentável. A discussão é se houve ou não pênalti. Alguns podem dizer que ele não foi desequilibrado com intensidade, outros podem dizer que ele foi, mas dizer que ele cavou mostra o nível da arbitragem baiana, que é lamentável. Um árbitro que estava longe do lance, com o bandeirinha na frente dele, sequer consultou o auxiliar naquele momento, e o auxiliar quando foi consultado, depois do lance, certamente se sentiu constrangido e voltou atrás. E o árbitro, além de não dar o pênalti, que pode se discutir se foi ou não, mas dá um cartão amarelo e termina expulsando Nino como simulação, sendo que ele nem ficou pedindo pênalti. Então, vendo outros históricos de arbitragem do futebol baiano, o que a gente espera é que o campeonato de 2018 acabe de pé”, declarou.

O mandatário ainda afirmou que acredita que a FBF tomará medidas para que as arbitragens das finais possam ‘apagar os históricos de arbitragem do Baiano’.

“É bom lembrar que o que já aconteceu nesse próprio campeonato em nível de arbitragem e o que aconteceu no lance do Nino nos faz crer que teremos mais problemas do que momentos positivos na arbitragem do futebol baiano nessa reta final. Eu quero crer que haverá sim uma responsabilidade muito grande, um cuidado muito grande, para que o Campeonato Baiano não termine de portas fechadas em 2018. A gente acredita que, pela responsabilidade que a Federação deve ter, para inclusive apagar os históricos de arbitragem que tem no Campeonato Baiano, a gente acredita que a Federação vai olhar com muita cautela”, pontuou.


Fonte:Galáticos Online

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top