Clássico entre Juventus e Milan tem duelo de gerações no gol

Buffon é o segundo jogador com mais jogos na Serie A (Foto: AFP)
Mais um capítulo na história do clássico Juventus e Milan vai ser escrito neste sábado (31). E enquanto o time de Turim lidera o Campeonato Italiano, buscando o sétimo scudetto seguido, os russoneros, até o momento, caminham para terminar o quinto ano consecutivo fora do G4. Dentro dessa narrativa, dois personagens essenciais para ambos os lados atendem pelo nome de Gianluigi.

O Gianluigi Buffon, ídolo italiano, é ainda mais ídolo vestindo o branco e preto da Velha Senhora. Em sua 17ª temporada defendendo a meta da Juve, o goleiro continua somando protagonismo e liderança à equipe, sendo uma das peças mais fundamentais no plantel do técnico Allegri. Com inúmeros  marcas alcançadas com a camisa 1, ele coleciona títulos coletivos e individuais, já tendo sido eleito o melhor goleiro do mundo diversas vezes e conquistado a Copa do Mundo de 2006.

Já o Gianluigi Donnarumma, quase pode ser considerado uma criança perto da experiência do xará. Com apenas 19 anos, o pupilo italiano joga sua terceira temporada no profissional e já ganha chances na seleção azurra, participando de amistosos como titular. Mesmo com pouca experiência e idade, e jogando em um dos clubes mais vitoriosos do mundo, o camisa 99 aproveitou a chance no gol do Milan. Ainda que sua relação com torcida e diretoria, às vezes, cause ruídos, o jovem segura a pressão e a vaga no time titular russonero.

(Foto: MIGUEL MEDINA/AFP)
As diferenças nos currículos e no tempo de carreira mostram de um lado, um atleta com seus 40 anos, perto de se aposentar após ter marcado seu nome na história do futebol e, do outro, um jovem goleiro em ascensão e evolução, que busca se firmar e não ser apenas uma promessa que quase vingou. Nos números, a diferença, naturalmente, é gritante: enquanto Buffon já jogou 647 vezes com a camisa da Juventus, Donnarumma tem 114 partidas; em 17 temporadas, foram 17 títulos em Turim e apenas um para o milanista em três temporadas.

Com 21 anos separando os dois goleiros, o clássico coloca frente a frente duas gerações do futebol italiano que refletem os momentos de seus respectivos times. Buffon e Juventus seguem em boa fase, disputando títulos. E o Milan busca se reerguer e voltar ao nível de jogo que tinha na década passada, renovando seu elenco com reforços e promessas da base, como Donnarumma.

Pelo primeiro turno do Italiano, o confronto, em Milão, terminou com Donnarumma levando dois gols e a Juve triunfando no clássico sem ser vazada. O duelo deste sábado (31) será apenas a quinta vez que os dois ‘Gigis’ se enfrentam, podendo desempatar os números que são de duas vitórias para cada lado. Na temporada, são 24 gols sofridos por Buffon e 41 pelo seu xará.

O encontro no Allianz Stadium, marcado para o próximo sábado, às 15:45h (de Brasília), é válido pela 30ª rodada do Italiano.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.