Federer vence Coric, vai à final de Indian Wells e quebra recorde pessoal

 (Foto: Kevork Djansezian/ AFP)
Foi difícil, mas Roger Federer confirmou seu favoritismo. Abrindo as semifinais, o número um do mundo foi surpreendido por um ótimo desempenho do jovem Borna Coric e precisou de todo seu talento e experiência para vencer de virada por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/4 e 6/4, em 2h20 de confronto.

Com o resultado, o suíço vai encarar o argentino Juan Martin Del Potro, que bateu Milos Raonic, para tentar seu terceiro título no ano e o sexto na competição. Esta será a final de número 147 na carreira do líder do ranking. O suíço é ainda o terceiro maior vencedor de Masters 1000 com 27 troféus, atrás apenas de Rafael Nadal e Novak Djokovic, que possuem 30 cada um. Além disso, ele pode se tornar o primeiro homem com seis títulos em Indian Wells, deixando para trás o pentacampeão Djokovic.

Além do triunfo, Federer, com 36 anos, bateu mais um recorde: com 17 vitórias em 17 jogos neste ano, o suíço faz seu melhor começo de temporada em toda a carreira. A segunda melhor foi em 2006, quando ele tinha 24 anos, em que venceu 16 jogos consecutivos. 

Um dos principais trunfos de Roger Federer, o primeiro saque não funcionou tão bem no primeiro set. Em contrapartida, o adversário teve um aproveitamento melhor no serviço e apesar do início ter sido equilibrado, o jovem croata foi quem chegou à quebra primeiro. Com o jogo em 5 a 5, Coric pressionou Federer e conseguiu vencer o game e, sacando para o set, fechou a parcial em 41 minutos, largando na frente.

O segundo set começou novamente com dificuldade para o número um do mundo, que perder seu serviço logo no primeiro game. No quarto game, Federer desperdiçou uma grande chance de empatar e seguir vivo na partida. O suíço teve três chances de quebra e não aproveitou nenhuma, deixando Coric abrir 3 a 1.

Na sequência, no entanto, o croata viu o triunfo se aproximar e sentiu a pressão. O número um do mundo aproveitou o momento, acelerou o jogo e não só devolveu a quebra, como virou a partida e cresceu no jogo. Federer confirmou seu serviço e com o confronto em 5 a 4, quebrou o saque de Coric para deixar tudo igual no deserto californiano.

Depois de crescer no jogo, Federer não começou bem o terceiro set e cedeu a quebra logo no primeiro game. Mas, o suíço provou o porquê é o número um do mundo, devolveu e confirmou a quebra, se colocando à frente no placar. No entanto, mais uma vez, Federer sofreu no sexto game e mesmo salvando uma chance de quebra, não salvou a segunda e cedeu a quebra.

O suíço, porém, se manteve vivo no jogo e após um game com sete minutos de duração, devolveu a quebra e confirmou-a na sequência, ficando a um game da vitória. Sacando pressionado, Coric sentiu e deixou o líder do ranking ter três match points. O croata ainda salvou um, mas na sequência, Federer não perdoou e conseguiu a quebra, decretando a vitória, a 17º do ano.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.