Incomodado com a reserva, Robben quer título alemão contra o Dortmund

(Foto: AFP)
Os dias de Arjen Robben no Bayern de Munique, individualmente, já foram melhores. Ícone do clube nesta década, o atacante não tem constituído a escalação titular do técnico Jupp Heynckes de forma tão regular quanto em outras temporadas. O fato incomoda bastante o jogador de 34 anos, que não vê a questão como atrelada à sua idade avançada.

“Para mim é importante aproveitar o futebol e me divertir jogando. Claro que não gosto de não jogar. Não tem nada a ver com a idade. Se você me perguntar se fico satisfeito quando estou no banco, não, isso não não é para mim. Eu gosto muito de jogar futebol e a única coisa que quero é me divertir em campo”, afirmou o holandês, autor de seis gols e 10 assistências na temporada 2017/18, em entrevista concedida ao portal Dazn.

Mesmo na reserva, Robben quer confirmar o título do Campeonato Alemão no clássico contra o Borussia Dortmund, neste sábado, na Allianz Arena. Os bávaros lideram a competição de maneira isolada, com 17 pontos de vantagem sobre o vice-líder Schalke 04. Se o Bayern vencer e os segundos colocados tropeçarem, a Bundesliga será do time de Munique pela sexta vez consecutiva e pela 27ª  vez na história.

“Os jogos contra o Dortmund são sempre intensos, marcados por grandes acontecimentos. Damos sempre um pouco mais de nós contra eles” apontou, ao site ofcial do clube. “Eles estão jogando melhor, principalmente após a chegada do novo técnico. Sempre foi e será uma equipe forte. Mesmo não sendo tão consistentes nesta temporada, eles são sempre capazes de se superiorizar a qualquer adversário. Mas os últimos seis campeonatos do Bayern foram decididos fora de casa e agora queremos dar um presente especial aos nossos torcedores”, completou.

O contrato de Robben com o Bayern de Munique se encerra ao final da atual temporada e há chance do holandês deixar o clube. Recentemente, o presidente executivo Karl-Heinz Rummenigge assegurou que uma reunião marcada para o mês de abril deve definir o futuro do jogador, assim como o do francês Frank Ribéry, outro ídolo dos bávaros que está em idade avançada e tem seu vínculo se encerrando.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.