Juventus vence Milan e abre vantagem na liderança do Italiano

(Foto: Marco Bertorello/AFP)
Após o empate do Napoli contra o Sassuolo, a Juventus recebeu o Milan no Allianz Stadium podendo abrir quatro pontos de vantagem na liderança do Campeonato Italiano e assim o fez, vencendo por 3 a 1.

A Velha Senhora saiu na frente nos minutos iniciais com Dybala e cedeu empate ainda no primeiro tempo pela cabeça de Bonucci, de volta ao estádio que chamou de casa por sete temporadas. No entanto, a Juve retomou a liderança nos minutos finais com Cuadrado e ainda ampliou com Khedira.

Com a vitória, a equipe capitaneada por Buffon vai a 78 pontos, quatro a mais que os 74 do Napoli. Já o Milan, que teve a sequência de cinco vitórias quebrada, continua com 50 pontos e na sexta posição. A Juventus volta a campo no próximo sábado, às 10 horas (de Brasília), quando visita o lanterna Benevento. O Milan volta a jogar no dia seguinte, às 15h45, recebendo o Sassuolo.

(Foto: Marco Bertorello/AFP)
O jogo — Os primeiros minutos foram de domínio da Juve. Aos sete minutos, Higuain teve boa oportunidade, mas parou em Donnarumma. Aos oito minutos, o outro argentino da Velha Senhora venceu o goleiro milanista. Pjanic deu passe pelo meio para Dybala, que dominou e bateu, colocando a bola no canto esquerdo para abrir o placar.

Depois do gol sofrido, o time de Gattuso se lançou mais ao ataque, e quase empatou aos 16 minutos com André Silva, de cabeça, após cruzamento do meia turco Çalhanoglu. Já um pouco melhor na partida, os Rossoneros contaram com a “lei do ex” para empatar.. Aos 28 minutos, após cobrança de escanteio de Çalhanoglu, Bonucci cabeceou e deixou tudo igual em Turim.

Com o placar igualado em um gol, a partida seguiu equilibrada, mas com o Milan seguro na partida, controlando bem as ações. Já a Juventus tentou recuperar a dianteira antes do intervalo, mas não conseguiu furar a sólida defesa adversária comandada por Bonucci.

O Milan voltou melhor para a etapa complementar e quase desempatou aos dez minutos com Çalhanoglu. O turco acertou belo chute de fora da área e a bola passou rente ao travessão, assustando Buffon.

(Foto: Marco Bertorello/AFP)
Depois do susto, a equipe de Turim melhorou e tomou para si o controle do jogo. A entrada do meia Cuadrado, que voltava de lesão, no lugar do volante Matuidi deu mais volume ao ataque e trouxe frutos nos momentos decisivos.

Aos 34 minutos, o colombiano recebeu cruzamento preciso de Khedira e cabeceou para recolocar a Juventus à frente. Pouco depois, aos 42, o próprio Khedira recebeu de Dybala na área e chutou rasteiro, no contrapé de Donnarumma, para dar números finais à partida.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.