Na prorrogação, Chelsea supera Leicester e vai à semifinal da Copa da Inglaterra

(Foto: Divulgação)
O Chelsea não teve uma atuação memorável neste domingo, mas, em jogo dramático e com direito a prorrogação, bateu o Leicester no King Power Stadium e garantiu a classificação para a semifinal da Copa da Inglaterra. No tempo regulamentar, Morata abriu o placar para os visitantes e Vardy empatou para os donos da casa. Na prorrogação, Pedro foi o responsável por sacramentar a vitória dos Blues.

O adversário do time londrino na próxima fase será o Sothampton, que mais cedo venceu o Wigan por 2 a 0, em jogo previsto para ser disputado no final de semana de 21 e 22 de abril. Tottenham e Manchester United batalharão pela outra vaga na finalíssima do torneio.

O Jogo – A partida foi equilibrada durante o primeiro tempo, mas com poucas chances claras de gol. O Chelsea teve maior posse de bola, como se esperava, mas foi o Leicester que buscou agredir mais. Um voleio de Albrighton, logo aos três minutos, por pouco não entrou. A resposta dos visitantes veio aos 28, mas Morata desperdiçou a chance ao chutar em cima de Schmeichel.

A cinco minutos do intervalo, porém, Morata finalmente deu fim ao jejum de três meses sem balançar as redes. Em contra-ataque rápido, William arrancou pelo meio e, com bom passe em profundidade, deixou o camisa nove na cara do gol. O espanhol não perdoou, tocando na saída do goleiro adversário.

Já na etapa final, o Leicester voltou a campo pressionando os Blues. Mesmo com bom toque de bola, porém, encontrou muitas dificuldades para penetrar no bloqueio defensivo do time londrino e finalizar as jogadas. A paciência dos donos da casa deu resultado aos 31 minutos. Após cruzamento da direita, a bola ficou viva na área. Foram necessários três chutes até Vardy colocar o pé na bola e empatar a partida.

E Vardy quase virou o jogo aos 37. Em jogada de contra-ataque, Maguire acionou o atacante com bom passe entre os zagueiros. O camisa nove ajeitou e bateu rasteiro, obrigando Caballero a cair para espalmar.

Morata também teve a chance de decidir aos 41, após ótima assistência de William. O espanhol saiu na cara de Schmichel, que evitou o gol saindo nos pés do atacante e se recuperando defender o rebote.

Com a igualdade no placar, a partida foi para a prorrogação. O Leicester não voltou com o mesmo futebol da etapa final do tempo regulamentar e permitiu que o Chelsea voltasse a dominar o jogo. Aos 14 minutos do primeiro período do tempo extra, Kanté dominou pela esquerda e levantou na área. Contando com a ajuda do goleiro Schmeichel, que saiu muito mal do gol, o baixinho Pedro colocou a cabeça na bola e os Blues na próxima fase da competição.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.