Ostapenko vence Collins e vai à final de Miami sem perder nenhum set

(Foto: Clive Brunskill/Getty Images/AFP)
Na noite desta quinta-feira, Jelena Ostapenko confirmou seu favoritismo e garantiu a vaga na grande final do WTA de Miami. A número 5 do mundo superou Danielle Collins, atleta da casa e principal surpresa do torneio, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-1) e 6/3, em 1h39 de confronto.

Ostapenko chega à final sem perder nenhum set, apesar de já te disputado cinco tiebreaks no torneio. Além disso, a jovem de  apenas 20 anos e atual campeã de Roland Garros irá assumir o inédito quarto lugar no ranking mundial. A letã disputará a sexta final de sua carreira diante da vencedora do último Aberto dos Estados Unidos, Sloane Stephens. A tenistas nunca se enfrentaram antes. Collins, por sua vez, atingirá o melhor ranking da carreira e aparecerá entre as 55 melhores do mundo a partir da próxima atualização do ranking, nesta segunda-feira.

O jogo começou complicado para Ostapenko, que precisou salvar cinco break-points nos dois primeiros games. Depois de conseguir se salvar, foi a letã quem chegou à quebra, a qual não conseguiu confirmar na sequência, deixando tudo igual em 3 a 3. Com o placar em 5 a 5, jovem tenista voltou a perder o saque, mas Collins não aproveitou a chance de sacar para fechar, forçando o tie-break.

No desempate, Ostapenko sobrou. Foram cinco mini-breaks, quatro a favor da letã e com um ace, a número cinco do mundo fechou a primeira parcial depois de 1 hora de jogo.

O segundo set foi bem mais rápido. Collins cedeu o break logo no game de abertura e nem sequer pressionou mais a adversária. Ostapenko, ao contrário, seguiu colocando pressão até que no nono game, no serviço da norte-americana, a tenista chegou ao break e match point e não desperdiçou, decretando a vitória, mais uma em sets diretos.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.