Paraná bate o Foz do Iguaçu e coloca um pé nas semifinais

 Foto: Kiko Sierich
O Paraná clube segue com sua boa sequência de resultados desde a chegada de Rogério Micale e desta vez bateu o Foz do Iguaçu, por 2 a 0, no Estádio ABC. Com o resultado, a equipe paranista chegou aos 10 pontos, com um pé nas semifinais da Taça Caio Júnior, o segundo turno do Campeonato Paranaense. Já o Azulão, com seis pontos, se complicou no Grupo A, na quarta colocação, mas ainda com chance.

Depois de uma primeira etapa em branco, o Tricolor abriu o placar aos dois minutos do segundo tempo, com Carlos Eduardo acertando um belo chute no ângulo. Aos 40 minutos, cobrando pênalti, Diego Gonçalves fez o segundo.

Na próxima rodada, o Foz do Iguaçu encara o Cianorte, quarta-feira, no Estádio Albino Turbay. Já o Paraná Clube recebe no mesmo dia o Maringá, na Vila Capanema.

O jogo – O final de tarde era quente na fronteira, mas o Azulão tentava acelerar a partida nos primeiros minutos. Aos três minutos, Raphael Alemão recebeu na área, girou o corpó, mas ficou sem a bola. O troco veio aos sete minutos, com Carlos Eduardo cobrando falta na para Wesley desviar de cabeça e parar em boa defesa de Júlio César. Aos 11 minutos, foi a vez de Alemão receber o lançamento e bater cruzado, por cima da meta.

O Tricolor da Vila tinha dificuldade para finalizar as jogadas, mas tocava bastante a bola, mantendo um aposse maior. Aos 21 minutos, Victor Feijão ganhou da marcação e soltou o pé, forte demais, pela linha de fundo. Boa triangulação do ataque paranista, aos 26 minutos, mas Baez demorou para arrematar e errou a bola.

Após a parada para hidratação, aos 39 minutos, Juninho foi lançado em velocidade, passou pela zaga, mas não de Richard, que deixou a meta para interceptar e sofrer falta de ataque. A partida era toda das defesas, que chegavam firme, bem postadas. Aos 48 minutos, Wesley foi acionado e Julio Cesar foi ousado em sua saída no chão para parar o lance.

Para a etapa final, o Paraná voltou com Thiago Santos no lugar de Victor Feijão. E, logo aos dois minutos, Carlos Eduardo pegou de primeira, da entrada da área, e acertou o ângulo para abrir a contagem. Aos seis minutos, Thaigo Santos apareceu na frente do gol, deu uma cavadinha para tirar o goleiro e Leandro Silva apareceu para salvar em cima da linha.

O Azulão tentava pressionar, entrar no jogo, para a defesa paranista estava bem na partida. O Paraná, por sua vez, tentava aproveitar os espaços abertos. Aos 26 minutos, Jonnhy Lucas recebeu na área e, com o gol aberto, conseguiu mandar para fora e desperdiçar uma grande chance.

Após mais uma parada para hidratação, aos 34 minutos, Mansur tocou para trás, Marcelo Soares aproveita para desviar para as redes e o árbitro, erroneamente, anotou impedimento. Dois minutos depois, João Paulo dividiu com Maranhão e ficou no chão na área. Pênalti marcado. Na cobrança, Diego Gonçalves deslocou o goleiro para converter e matar o jogo.

Outros jogos – A quarta rodada do segundo turno ainda teve ainda mais três partidas. No Estádio Willie Davids, o Maringá bateu o Cascavel por 3 a 2 e assumiu a vice-liderança do Grupo A, deixando a Serpente em situação delicada em relação à degola. O Rio Branco fez sua parte e com a vitória por 3 a 1, na Estradinha, decretou a queda do Prudentópolis, que ao venceu nenhuma partida no ano. Já o União respirou aliviado ao bater o Toledo por 2 a 0, no Estádio Anilado, de quebra seguindo vivo na briga por uma vaga nas semifinais.

FOZ DO IGUAÇU 0 X 2 PARANÁ CLUBE

Local: Estádio ABC, em Foz do Iguaçu (PR)
Data: 18 de março de 2018, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Fabio Filipus
Assistentes: Adair Carlos Mondini e Flávio Augusto Alves
Cartões amarelos : Luiz Beltrame, André Oliviera (Foz); Jhonny Lucas e Mansur (Paraná)

Gols
PARANÁ: Carlos Eduardo, aos 02 minutos e Diego Gonçalves, aos 40 minutos do segundo tempodo segundo tempo

FOZ DO IGUAÇU : Julio Cesar; Paulinho, Alex Maranhão, Leandro Silva e Luiz Beltrame; Maycon Canário, André Oliveira (Marcelo Soares), Matheus Olavo e Juninho (Ítalo); Lucas Brasil e Raphael Alemão (Mathiola).
Técnico: Negreiros

PARANÁ: Richard; Alemão, Neris, Rayan e Mansur; Wesley (Torito), Jhonny Lucas, Carlos Eduardo (João Paulo) e Marcelo Baez ; Diego Gonçalves e Vitor Feijão (Thiago Santos)
Técnico: Rogério Micale

Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.