Primeira filha nasce e vira combustível extra para Vitor Feijão no Paraná

Foto: Divulgação AV Assessoria de Imprensa
Com 21 anos de idade, uma emoção daquelas inesquecíveis para Vitor Feijão. Recentemente, o atacante titular do Paraná viu de perto o nascimento de sua primeira filha com a esposa Stephanie. A pequena Antônia Correia veio com muita saúde para gerar um combustível extra ao jogador.

Emocionado com o nascimento, Vitor Feijão já viu sua rotina se transformar nos últimos dias. O que, inclusive, rendeu ainda mais disposição. “Foi o sentimento mais especial em toda minha vida. Foi incrível. É algo que não dá pra explicar só com palavras. Apesar da correria nesse começo, está sendo tudo muito legal. É uma responsabilidade grande. E me deixou ainda mais empolgado, com ainda mais vontade de vencer no futebol, no Paraná. Estou me dedicando ainda mais para continuarmos crescendo”, afirmou.

Titular e atuando os 90 minutos dos dois últimos jogos, Vitor Feijão celebra as duas vitórias consecutivas. Para ele, a equipe paranista está encaixando. “O trabalho do professor Micale é muito bom. Ele passa com muita facilidade o que quer que a gente faça dentro de campo. A semana também é muito boa. Estamos evoluindo. Acho que o time aos poucos está encaixando. Fico feliz de estar indo bem, mas sei que todos tem muito a evoluir ainda aqui no Paraná”, disse.

Na próxima rodada do Paranaense, o adversário será o Foz, fora de casa. O duelo é no domingo. “Aqui no estadual não tem jogo fácil. Ainda mais fora de casa. Estamos numa crescente e queremos mais. Mas temos que respeitar o Foz. Com certeza vai ser um jogo muito difícil. Estamos trabalhando bastante para sair de campo mais uma vez com os três pontos”, finalizou o atacante, que soma oito jogos na temporada.
Tecnologia do Blogger.