Raniel faz dois, Cruzeiro bate o Patrocinense e avança à semifinal

(Foto: Washington Alves/Light Press)
O garoto Raniel resolveu um jogo por momentos complicado para o Cruzeiro na tarde deste sábado, no estádio do Mineirão, e saiu como grande herói da classificação da equipe para a semifinal do Campeonato Mineiro. Com dois gols, sendo o primeiro deles em bela arrancada no meio da zaga adversária, o avante quebrou a retranca do Patrocinense e assegurou a vitória por 2 a 0 da Raposa.

Com o triunfo, a equipe do técnico Mano Menezes agora espera a definição dos outros três semifinalistas do torneio para saber quem será seu adversário. Como tem a melhor campanha do torneio, o time celeste vai encarar o quarto na classificação geral entre os qualificados. As semis, que terão duas partidas, estão pré-agendadas para quarta-feira e domingo.

O primeiro tempo da partida foi de muita intensidade, mas pouca inspiração por parte dos donos da casa. Empurrados pelo bom público presente ao local, os cruzeirenses tentaram duas vezes logo nos primeiros minutos, quando Raniel cobrou falta da intermediária e a bola desviou. Depois, Rafinha recebeu em boa condição pela esquerda, mas o juiz marcou impedimento inexistente.

O ritmo não arrefeceu e o tento inaugural quase saiu aos 28, quando Berger tentou cortar passe de Thiago Neves e mandou rente à trave. Dez minutos depois, o próprio Thiago saiu em boa condição dentro da área e chutou cruzado, mas bateu em cima do goleiro. O melhor lance saiu na sequência: escanteio cobrado na área e testada firme de Dedé que Neguete voou para espalmar.

A volta para a etapa final parecia reservar uma complicada missão, mas os comandados Mano Menezes viram o melhor do seu centroavante para resolver o embate. Aos sete minutos, ele recebeu de Murilo na intermediária ofensiva, se livrou do primeiro marcador com um toque, deixou o segundo no chão, invadiu a área e bateu rasteiro, cruzado, explodindo a torcida no Mineirão.

O 1 a 0 foi o que bastava para que o time do interior saísse mais do campo de defesa e abrisse espaços para que, aos 19, Robinho partisse para cima da zaga pela esquerda e rolasse para o meio. Raniel, bem posicionado, chutou forte, pouco antes da marca do pênalti, e contou com a colaboração de Neguete, que deixou a bola passar por debaixo de si e ir para a rede.

Tranquilo com a vantagem, o time da casa passou a reter mais a posse de bola e não tentar tantas jogadas verticais, praticamente cozinhando o resultado até o apito final do juiz. A única chance mais perigosa foi com Egídio, que arriscou de longe e exigiu boa intervenção do arqueiro rival.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 2 X 0 PATROCINENSE

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 17 de março de 2018, sábado
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Ronei Candido Alves
Auxiliar: Pablo Almeida Costa e Douglas Almeida Costa
Cartões amarelos: Raniel, Thiago Neves, Cabral e Rafael Sóbis (Cruzeiro); Leomir e Bruno Moreno (Patrocinense)
Gols:
CRUZEIRO: Raniel, aos sete e aos 19 minutos do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio, Lucas Romero, Dedé, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho (Mancuello), Thiago Neves (Arrascaeta), Rafinha e Raniel (Rafael Sóbis)
Técnico: Mano Menezes

PATROCINENSE: Neguete; Ângelo, Diego Borges, Juninho e Matheus Mendes; Mário César, Bruno Moreno, Leomir e Diogo Peixoto (Juninho Arcanjo); Jefersom Berger (Thiago Brito) e Marcelo Régis (Gênesis)
Técnico: Wellington Fajardo


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.