Rúben Semedo continua preso pelo perigo de repetir crime

Decisão foi tomada pelo tribunal de instrução de Lliria, que rejeitou o recurso apresentado pelo defesa-central.

Fotografia: EPA/Manuel Bruque
O tribunal de instrução de Lliria (Valência) recusou esta sexta-feira o recurso apresentado pelo português Rúben Semedo, mantendo-o em prisão sem fiança, porque estima haver o risco de voltar a molestar a pessoa que agrediu e sequestrou.
"A juíza recusa o recurso apresentado pelo advogado do futebolista contra o auto de prisão do passado dia 22 de fevereiro por entender que persiste o risco para a integridade da vítima, que supostamente reteve na sua casa de Bétera, golpeou e ameaçou com uma arma...", segundo comunicado do Tribunal Superior de Justiça da Comunidade Valenciana.

O tribunal "não acredita na versão do jogador" que está a ser investigado por suposta tentativa de homicídio, agressões, ameaças, detenção ilegal, posse ilegal de armas e roubo com violência.
Tecnologia do Blogger.