Sainz: “Boas lembranças de Verstappen como companheiro de equipe”

Foto:Imagens de Sutton
Carlos Sainz Jr. vê como positivo o período que ele e Max Verstappen foram companheiros de equipe na Toro Rosso. “Também tivemos tempos difíceis, mas isso é normal se os dois estão no limite”.

Em 2015, Sainz e Verstappen fizeram sua estreia na Fórmula 1 na Toro Rosso. A dupla mostrou-se muito semelhante. Nas qualificações, um 10-9 para o holandês. Verstappen também liderou mais corridas, embora deva ser lembrado que Sainz teve sete problemas técnicos nos domingos com quatro abandonos, duas falhas técnicas, duas vezes por outros motivos – em Mônaco Sainz acabou nas barreiras de proteção depois de tocar-se com Romain Grosjean e em Silverstone ele saiu da pista na relargada.

“Eu mantenho boas lembranças de trabalhar com ele”, disse Sainz em uma entrevista para o ‘Motorsport.com’ sobre o tempo que era companheiro de equipe de Verstappen.

“Nós estávamos muito presos um ao outro no trabalho, mas sinceramente eu gostei, se você é forçado pelo seu companheiro a ir ao limite e você faz a mesma coisa com a outra pessoa, então isso gera mais tensão dentro da equipe, mas é uma tensão saudável e eu sempre senti que respeitamos um ao outro.

“É verdade que houveram momentos que queríamos ‘beber o sangue’ um do outro, mas isso faz parte quando os dois tentam o limite”, disse Sainz.

É possível que Sainz e Verstappen sejam novamente companheiros e equipe no futuro, mas agora na Red Bull.


Fonte e Texto:Por Gabriel Gavinelli/F1mania/Lance
Tecnologia do Blogger.