Treze é impedido de jogar e semifinal do Paraibano vai parar na justiça

(Foto: Reprodução)
Uma divergência no entendimento do regulamento do Campeonato Paraibano fez com que a semifinal entre Botafogo e Treze fosse parar na justiça. O Botafogo entende que, por ter terminado a fase de grupos com mais pontos que o adversário (22 a 14), teria a vantagem de jogar por um empate. A Federação Paraibana de Futebol, por sua vez, entende que essa vantagem seria do Treze, pois o time terminou a primeira fase na liderança do grupo B.

O Botafogo então foi até a justiça, e conseguiu uma liminar que adiaria a partida marcada para este domingo. Posteriormente, essa liminar foi cassada, e portanto a partida estaria mantida na mesma data. O Galo então foi até o Almeidão na esperança de entrar em campo, mas ao chegar no estádio, a delegação da equipe foi barrada.

A Federação Paraibana de Futebol alegou que o jogo não pode ser realizado por questões logísticas. Isso porque há um jogo marcado para a mesma data, horário e estádio em que Botafogo e Treze se enfrentariam. Trata-se de Auto Esporte e Desportiva Guarabira, pelo Torneio da Morte.

Marcos Souto Maior Filho, diretor jurídico da FPF, falou sobre a confusão e afirmou que o desejo da Federação era o de realizar a partida.

“Nós tentamos de tudo. Que fique claro que essa era a vontade da Federação. Vamos fazer de tudo para cumprir o calendário e encerrar o Campeonato Paraibano dentro do que está previsto”, disse.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.