Alonso diz que próximos dois meses são “cruciais” para McLaren

Foto: McLaren
Fernando Alonso diz que antecipação de desenvolvimento da McLaren é vital para as ambições da temporada de Fórmula 1 2018, o que aumenta a pressão sobre sua equipe.

Alonso fala que “cabe à McLaren” se recolocar no seu lugar na hierarquia da F1 em 2018, após três anos de baixo desempenho e resultados insatisfatórios, que deixaram a equipe encalhada no fundo do grid.

Depois do time romper o contrato de motores com a Honda e assinar com a Renault, Alonso espera entregar melhores resultados. Mas o espanhol diz acreditar que a McLaren não conseguirá maximizar todo o seu potencial sobre as “próximas quatro, cinco ou seis corridas”. E isso pode fazer a equipe reavaliar seus alvos para esta temporada.

“Eu acho que ainda existe uma lacuna razoável para os líderes, mas acho que cabe a nós alcançá-los agora. Cabe à equipe entregar o desempenho nas próximas semanas, nos próximos quatro, cinco, seis grandes prêmios”, disse Alonso.

“Se conseguirmos levar o desempenho para a pista, fechar essa lacuna e estarmos a uma distância razoável da pole position, dos finalistas do pódio e coisas assim, então é nossa responsabilidade entregar o resultado que pudermos. Eu diria que os próximos dois meses são cruciais para nossas esperanças no campeonato deste ano”, explicou o bicampeão espanhol.

Alonso quer que a McLaren tenha uma abordagem objetiva, em seu primeiro ano com o motor Renault e, se não conseguir lutar na frente, os pódios regulares se tornarão o alvo.

“Isso é algo que precisamos descobrir e encontrar. É provavelmente a primeira vez nos últimos três anos que cabe a nós entregar os resultados”, concluiu Fernando Alonso.


Fonte:Lance
Tecnologia do Blogger.