Avaí e Chapecoense empatam em clássico movimentado na Ressacada

 (Foto: Divulgação)
Neste domingo, Avaí e Chapecoense encerraram suas participações na primeira fase do Campeonato Catarinense, em clássico disputado no Estádio da Ressacada. Pela 18ª e última rodada da primeira fase do Estadual, os rivais empataram por 2 a 2 após um duelo bem equilibrado. Getúlio e Beltrán anotaram os gols do time da casa, enquanto Douglas e Vinícius fizeram para os visitantes.

As equipes já entraram em campo com suas situações definidas na competição. Os Leão se despediu do Catarinense 2018 em sexto lugar, com 24 pontos ganhos, enquanto o Índio Condá, por sua vez, terminou na liderança da tabela, com 41 pontos. No próximo domingo, a Chape disputa a final do torneio contra o Figueirense, segundo colocado da fase de pontos corridos, com 36 pontos.

O Jogo – A Chapecoense teve a chance de abrir o placar logo aos três minutos de jogo. Júnior Santos aproveitou o vacilo de Betão, que errou o domínio na área, driblou o goleiro Rubinho e tocou para o gol vazio. No entanto, Betão se recuperou no lance e afastou o perigo em cima da linha.

O castigo da Chape veio aos 11 minutos. Em boa trama ofensiva do Avaí, Luanzinho recebeu na entrada da área e enfiou ótima bola para Getúlio. De bico, o atacante tocou rasteiro na saída do goleiro e abriu o placar para o time da casa.

O Leão melhorou na partida, passou a trocar passes e quase ampliou a contagem. Romulo recebeu de Marquinhos dentro da área, cortou a marcação mas pecou na hora do chute, que saiu torto e em tiro de meta para o rival.

Aos 33, quase o empate. Em cobrança de escanteio para os visitantes, Douglas levou a melhor na disputa pelo alto e cabeceou a bola na trave de Rubinho. Em nova cobrança de escanteio, no minuto seguinte, Douglas voltou a levar vantagem no jogo aéreo, mas desta vez a zaga do Avaí afastou. No rebote, Júnior Santos soltou o pé e assustou a torcida na Ressacada.

Aos 37, em outra cobrança de escanteio para a Chape, Douglas continuou soberano na área do Leão. Desta vez, não perdoou. Na terceira bola aérea seguida em que o defensor conseguiu escorar pelo alto, testou a bola no canto esquerdo de Rubinho, que não alcançou.

Na etapa final, o Avaí levou perigo logo aos dois minutos. Marquinhos cobrou falta com capricho e a redonda parou na trave do goleiro Ivan. No rebote, Betão chutou por cima e desperdiçou a chance.

Claudinei Oliveira resolveu mexer no time e a mudança surtiu efeito. O paraguaio Beltrán, que entrou no lugar de Getúlio, foi o responsávcel por colocar o Leão de novo à frente do placar, aos 32 minutos. O atacante recebeu ótimo cruzamento de Rafinha, que também entrou no segundo tempo, e completou para o fundo da rede, fazendo seu primeiro gol com a camisa azul e branca.

A Chape partiu em busca do empate e passou a pressionar os donos da casa. Em primeira instância, Vinícius arriscou de fora da área e viu seu chute, caprichosamente, bater nas duas traves da meta adversária.

Aos 42 minutos, o mesmo Vinícius recebeu na entrada da área e chutou rasteiro. A bola voltou a bater na trave do Avaí, mas, desta vez, bateu na perna esquerda do goleiro Rubinho e morreu no fundo do gol, igualando o marcador.

Confira os outros resultados da última rodada da primeira fase do Catarinense:

Concórdia* 0 x 3 Figueirense
Criciúma 1 x 0 Hercílio Luz
Tubarão 3 x 0 Joinville
Brusque 1 x 1 Inter de Lages*

* Rebaixados

Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.