Benfica perde dentro de casa e vê o título português ficar muito distante

 (Foto: Francisco Leong/AFP)
Em partida válida pela 32° rodada do Campeonato Português, o Benfica recebeu o Tondela no Estádio da Luz e decepcionou seus torcedores ao ser derrotado pelo placar de 3 a 2. Com o resultado, as Águias perdem a chance de alcançar os 80 pontos e assumir provisoriamente a liderança do campeonato. Agora, o Porto, primeiro colocado com 79, entra em campo no domingo, quando visita o Marítimo na Ilha da Madeira, com a possibilidade de abrir cinco pontos de frente. O Tondela, por sua vez, segue na décima colocação com 35 pontos.

Aos doze minutos de jogo, após contra ataque benfiquista, Rafa recebeu na linha de fundo e rolou para trás. Pizzi, sozinho, invadiu a área chegou batendo forte no canto esquerdo do goleiro para abrir o placar em Lisboa. Aos 24, a equipe da casa voltou ao chegar com Cervi, que invadiu a área pelo lado esquerdo e bateu cruzado com muito perigo, mas a bola saiu tirando tinta da trave.

Aos 31, após o Benfica sair jogando errado, David Bruno recuperou para o Tondela ainda no campo de ataque e rapidamente acionou Miguel Cardoso. Na saída do goleiro, o camisa 11 teve frieza para tocar com categoria por cobertura e empatar a partida. Oito minutos depois, em arremesso lateral, o time visitante alçou a bola dentro da área, e após tentativa de corte, ela sobrou novamente para Miguel Cardoso, que, de primeira, emendou belo chute para fazer o seu segundo gol no jogo e virar a partida a favor do Tondela.

As Águias voltaram para o segundo tempo exercendo muita pressão, e aos oito minutos, Salvio teve uma excelente chance para empatar a partida. Douglas cruzou rasteiro, e na cara do gol, na linha da pequena área, o camisa 18 chegou batendo, mas isolou. Um minuto depois foi a vez de Rafinha invadir a área e soltar uma bomba, obrigando o goleiro Cláudio Ramos a fazer boa defesa.

Aos 18 minutos, o Tondela chegou a ampliar a vantagem novamente com Miguel Cardoso, mas apesar do protesto por parte dos visitantes, o gol foi anulado devido a impedimento de Claude Gonçalves, que deu a assistência. O Benfica pressionava muito, mas a defesa adversária estava muito fechada e afastava qualquer perigo iminente. Aos 28, após cruzamento, a bola ficou viva dentro da pequena área, e após um bate-rebate praticamente em cima da linha do gol, o árbitro marcou falta no goleiro Cláudio Ramos.

Aos 33, Rafa fez ótima jogada pela direita e cruzou rasteiro. Salvio dominou, girou e bateu cruzado, e a bola saiu com muito perigo à direita do gol. Aos 36, contudo, a esperança do torcedor encarnado diminuiu consideravelmente. Após contra-ataque, Tomané recebeu dentro da área, girou bem para cima do zagueiro e tocou com categoria no canto esquerdo do goleiro Bruno Varela para marcar o terceiro gol dos visitantes.

A partir daí o time da casa foi só ataque, mas esbarrava no forte bloqueio adversário. O árbitro assinalou cinco minutos de acréscimo, e aos 47, Salvio recebeu dentro da área e tocou com categoria de cobertura para diminuir a vantagem do Tondela. O gol, no entanto, não mudou em nada o panorama, e agora o Benfica praticamente se despede da possibilidade de conquistar o pentacampeonato português.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.