Ferrari no “risco total” tem o motor mais potente da Fórmula 1

Foto: Johannes EISELE / AFP
A Ferrari pode agora ter o motor mais potente da Fórmula 1. Por toda a era “turbo híbrida” desde 2014, a Mercedes liderou claramente e venceu todos os campeonatos mundiais. Mas segundo a ‘Auto Motor und Sport’, a Ferrari alcançou a alemã em 2018.

“As medições do GPS mostram que, em termos de desempenho do motor, a Ferrari alcançou a Mercedes”, diz o relato. “A Mercedes aumentou a quilometragem de 5000 para 8000 quilômetros por motor, mas a Ferrari encontrou ainda mais potência durante o inverno”, acrescentou a ‘Auto Motor und Sport’.

Sebastian Vettel confirmou: “Nas retas, não estamos perdendo tempo para a Mercedes”. A publicação alemã afirma que a Mercedes voltou neste ano para um especificação de óleo que usou em 2016, quando a FIA reprimiu uma regra sobre o consumo de óleo.

O chefe da equipe, Toto Wolff, disse: “As medições não são precisas, por isso, se você está no limite, corre o risco de, as vezes, passar por cima dela”. Ainda segundo o relato a Ferrari, no entanto, está avançando com uma estratégia de “risco total” em relação à regra de consumo de óleo.


Fonte:Lance
Tecnologia do Blogger.