Novo Mundial de Clubes pode substituir Copa das Confederações

AFP/Arquivos / Patrik Stollarz
A Fifa expôs nesta quarta-feira o projeto do novo formato do Mundial de Clubes, que se jogaria no lugar da Copa das Confederações a partir de 2021, informou à AFP uma fonte próxima ao dossiê.

Segundo uma carta do presidente da entidade, Gianni Infantino, enviada a todos presidentes de Confederações, a nova fórmula do torneio não será anual e teria frequência a cada três anos a partir da edição de 2021.

Segundo o documento consultado pela AFP, a competição seria disputada em junho no ano anterior à Copa do Mundo. A última Copa das Confederações foi na Rússia, em 2017, vencida pela Alemanha.

O novo formato permitiria não interferir no calendário de competições entre nações na maioria dos países, especialmente na Europa.

O torneio seria realizado em 18 dias. Em uma próxima fase de consultas, seriam abordados mais elementos da nova competição.

A Fifa busca esta reforma por conta da falta de atrativo do atual Mundial de Clubes, tanto no plano esportivo quando econômico.

No último deles, o Real Madrid venceu o Grêmio na decisão disputada nos Emirados Árabes Unidos.
Tecnologia do Blogger.