Oposto do Sesi-SP celebra boa fase e projeta semifinal da Superliga

(Foto: Helcio Nagamine/Fiesp)
Terceiro maior pontuador da atual edição da Superliga masculina de vôlei, o oposto Alan, do Sesi-SP, explicou sua ida ao time paulista depois de defender o Sada/Cruzeiro por seis anos, atribuindo a mudança ao técnico do clube, Rubinho. O atacante também projetou a disputa das semifinais da atual temporada da competição, além de comentar sua preparação para o próximo duelo da equipe.

Após ter eliminado o Corinthians/Guarulhos, o Sesi-SP irá jogar contra o Sesc/Rio de Janeiro na fase seguinte do torneio brasileiro. A série, melhor de cinco, terá início no próximo sábado, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo.

“A vinda para o Sesi-SP me motivou demais. Tive e estou tendo a oportunidade de mostrar todo o meu potencial e, por isso, a mudança de clube está sendo muito importante na minha carreira. Trabalhar com o Rubinho também é muito positivo. Ele esteve na seleção por anos e anos e a experiência que ele tem e vem me passando é de total importância. Além disso, já havia trabalhado com ele na seleção de base e vim para o Sesi-SP sabendo um pouco de como ele iria trabalhar, e sabendo que o jeito dele me agrada bastante”, afirmou.

“Estou tentando me manter tranquilo. Lógico que é difícil ficar absolutamente calmo, já que essa vai ser a minha primeira semifinal jogando como titular. Fiquei muito tempo no Sada Cruzeiro, estive em jogos importantes, em títulos, mas na reserva. Agora a situação é outra e é natural que a ansiedade seja mais intensa”, completou.

“A minha preparação não está sendo muito diferente dos outros jogos. Na verdade, estou tentando não pensar muito no jogo para não atrapalhar devido a minha ansiedade. Estou voltado também para a chegado do meu filho e isso tem me ajudado a minimizar o nervosismo”, finalizou.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.