Quarto colocado, Hamilton admite “desempenho ruim” em Xangai

 (Foto: Johannes Eisele/AFP)
O atual campeão mundial de Fórmula 1, o britânico Lewis Hamilton, falou em final de semana “desastroso” e classificou o seu desempenho no GP da China como “ruim” durante a madrugada deste domingo, no Circuito Internacional de Xangai.

O piloto da Mercedes largou em quarto, perdeu posições na largada, foi ultrapassado pelas velozes Red Bull na parte final da prova e só terminou em quarto graças ao incidente entre Max Verstappen e Sebastian Vettel.

Avaliando o seu desempenho no traçado chinês, Hamilton admitiu preocupação com o carro e pediu uma solução imediata para que possa brigar pelo pentacampeonato mundial. “Eu estava em terra de ninguém. Eu não tinha ritmo, estava apenas tentando segurar o que eu tinha”, disse o piloto, em entrevista à Sky Sports F1.

“Obviamente, temos uma dura batalha pela frente, particularmente do meu lado. Vou dizer que o meu lado, mas também nós como equipe, estamos com um desempenho ruim”, reconheceu.

“Ontem e hoje foram um desastre para mim. Tenho que tentar corrigir isso e voltar ao modo de performance normal. Caso contrário, mais pontos valiosos serão perdidos”, advertiu.

Embora tenha ficado fora do pódio, Hamilton encurtou a distância para o líder Vettel de 17 para nove pontos. “Sou grato por alguns incidentes que aconteceram na frente hoje, nos mantiveram na batalha”, ponderou.

A quarta etapa da temporada de 2018 será disputada no dia 29 de abril, em Baku, no Azerbaijão.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.