Raikkonen e Vettel batem Mercedes por 0s5 em TL2 no Bahrein

Finlandês supera alemão por apenas 0s011 e fica com melhor tempo da sexta-feira no deserto de Sakhir



Foto:Steven Tee / LAT Images
Depois de vencer a primeira corrida da temporada com Sebastian Vettel, a Ferrari iniciou com tudo a segunda etapa da temporada 2018 da Fórmula 1. Kimi Raikkonen anotou o melhor tempo desta sexta-feira (6) no Bahrein.

No segundo treino livre deste primeiro dia de atividades o finlandês cravou o tempo de 1min29s817, superando seu companheiro Sebastian Vettel por 0s011. O único ponto negativo do TL2 para Kimi foi um problema que o obrigou a parar sua Ferrari na pista. Ele havia acabado de sair dos pits, e o gestual dos mecânicos levou a crer que a roda dianteira direita não foi colocada corretamente.

A Ferrari, assim como os carros da Mercedes, fez suas melhores voltas com pneus supermacios. No entanto, as flechas de prata não conseguiram chegar perto do time de Maranello. Bottas ficou a 0s563 do tempo de Raikkonen, enquanto Hamilton foi 0s655 mais lento que o campeão de 2007.

A Red Bull, que liderou com Daniel Ricciardo o primeiro treino da sexta, foi mais discreta no TL2. Max Verstappen foi o quinto, com o australiano sendo o sexto colocado.

O melhor do resto foi Nico Hulkenberg. Realizando um grande trabalho nesta sexta, Pierre Gasly foi o oitavo. O top-10 foi fechado pelas McLarens de Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne.

O treino
Nos primeiros minutos, Charles Leclerc registrou o melhor tempo frente aos pilotos que já haviam entrado na pista. A alegria do monegasco, no entanto, durou pouco, já que Kimi Raikkonen assumiu o primeiro lugar com 1min30s689.

Com 13 minutos, Marcus Ericsson acabou rodando da curva dois para a três, indo parar na caixa de brita. Ele conseguiu retornar e ir aos pits.

Bottas e Vettel superaram Kimi na sequência, fazendo voltas em 1min30s447 e 1min30s041, respectivamente. Ricciardo era o quarto com Lewis Hamilton – ainda de pneus médios – fechando os cinco mais velozes.

Com pneus supermacios, Kimi Raikkonen voltou à ponta, com 1min29s817. Vettel tentou superar o parceiro, mas ficou a 0s011 do tempo de Kimi. A Mercedes também colocou pneu vermelhos, mas ficou a 0s563 e 0s655 da melhor marca de Raikkonen. Verstappen e Ricciardo vieram atrás.

A partir daí se iniciaram as simulações de GP, e, com os tanques cheios, pouco aconteceu na última meia hora de sessão.

A 14 minutos do fim, Raikkonen foi obrigado a parar após uma troca de pneus. O gestual dos mecânicos levou a crer que uma de suas rodas não ficou bem presa.

O terceiro treino livre ocorre neste sábado às 9h no horário de Brasília. A classificação tem início marcado para às 12h.

Confira os tempos do TL2:
Tecnologia do Blogger.