Ricciardo agradece aos mecânicos da Red Bull após vitória na China

Rubio / Sutton Images
Daniel Ricciardo classificou sua vitória no GP da China como uma “recompensa real” pelo trabalho duro feito por seus mecânicos da Red Bull, após seus problemas no motor após a classificação.

Uma suspeita de falha no turbo do motor da fornecedora Renault, durante o terceiro treino livre, deixou a Red Bull de Ricciardo no chão, com apenas duas horas para consertar o carro a tempo de se classificar. O australiano foi mandado para pista, nos minutos finais do Q1, mas conseguiu chegar ao Q3 e classificar em sexto no grid.

A Red Bull aproveitou ao máximo um Safety Car durante a corrida, para colocar os pneus macios, surpreendendo aos rivais Mercedes e Ferrari, que optaram por manter seus pilotos na posição de pista. Ricciardo, em seguida, conseguiu uma corrida notável, para reivindicar a vitória.

“Eu não sei o que é, mas eu não pareço ganhar corridas chatas. Elas são todas muito divertidas. Isso foi inesperado. 24 horas atrás eu pensei que íamos começar por último na grid. Em primeiro lugar, graças aos rapazes, agradeço por ontem, mas esta é a verdadeira recompensa por esse trabalho. Os mecânicos trabalharam muito mesmo”, disse Ricciardo.

O australiano falou sobre o ponto crucial da corrida: “Foi agitado. Ouvi dizer que tínhamos um Safety Car (quando eu estava na) curva 14 e recebi uma mensagem e entrei nos boxes. Aconteceu muito rapidamente e muito decisivo. Eles estavam ganhando nos movimentos, então muito obrigado a todos da Red Bull”, acrescentou.

Ricciardo aproveitou seus pneus novos, para conseguir uma infinidade de ultrapassagens impressionantes, em cima de Kimi Raikkonen, Lewis Hamilton, Sebastian Vettel e o líder da corrida Valtteri Bottas a caminho da vitória.

“Eu gostei muito. Obviamente nós tivemos o pneu macio, assim eu soube que nós poderíamos adquirir mais e pegar eles. Muitas vezes você tem uma chance para tentar, então aproveitei a oportunidade”, concluiu Daniel Ricciardo.
Tecnologia do Blogger.