Soares tropeça nas duplas e é eliminado do Masters 1000 de Monte Carlo

 (Foto: Greg Wood/AFP)
Não deu para o brasileiro Bruno Soares. Nesta quinta-feira, disputando a chave de duplas do Masters 1000 de Monte Carlo, o tenista do país, junto do britânico Jaime Murray, perdeu para a parceira entre o indiano Rohan Bopanna e o francês Edouard Roger-Vasselin, por 2 sets a 1 (3/6, 6/4 e 11/9), dando adeus ao torneio no saibro.

O confronto entre as duas duplas foi válido pela fase de oitavas de final da disputa internacional. Bopanna e Roger-Vasselin irão encarar, na próxima etapa, os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, visando uma vaga entre os quatro melhores times da competição.

A partida começou favorável para a dupla do brasileiro. Jogando bem, Soares e Murray não deram muitas chances aos adversários, aproveitando o único grande vacilo dos rivais na primeira rodada para saírem com a vitória de maneira cirúrgica.

Entretanto, na parcial seguinte, foi a vez da dupla cabeça de chave número 7 do torneio cometer um erro crucial. Justamente no quinto saque, os tenistas viram Bopanna e Roger-Vasselin fazerem jogo duro e, decisivos, quebrarem o último serviço: 1 a 1 no marcador geral.

O terceiro set, disputado no formato de desempate, foi agitado. Ambas os times mostraram-se nervosos e não conseguiam confirmar o próprio serviço. O indiano e o francês chegaram a abrir 5 a 0 no placar, mas Soares e Murray não só encostaram, como foram capazes de buscar a reação.

Depois de concluir a virada, a dupla do brasileiro chegou a ter três match points disponíveis para conquistar a vitória. Entretanto, esbarrando em um possível excesso de confiança, o tenista do país e o britânico viram Bopanna e Roger-Vasselin marcarem cinco pontos consecutivos e saírem não só com o triunfo, como também com a classificação.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.