Ancelotti surge como “plano B” de Juventus e Napoli

 (Foto:JAVIER SORIANO/AFP)
A janela de transferências de meio do ano é sempre a mais agitada no mercado europeu por significar o intervalo entre temporadas. A grande novidade do período nos próximos meses é a movimentação do mercado de treinadores, já que o posto no banco de reservas de alguns dos principais clubes do velho continente está vago ou em vias disso acontecer.

Pensando justamente na possibilidade de perder seus atuais treinadores, muito visados no mercado, Juventus e Napoli já definiram Carlo Ancelotti como “plano B”. De acordo com a Rádio CRC e o site Tuttomercatto, o treinador é um nome bem quisto em ambas diretorias e será o procurado caso de Maurizio Sarri e Massimiliano Allegri optem por assumir outra equipe.

Comandante de um trabalho consistente na Juventus e recheado de conquistas em âmbito nacional, Allegri é especulado para trocar a Itália pela Inglaterra e assumir Arsenal ou Chelsea. Arsene Wenger já teve sua saída anunciada. O mesmo deve acontecer com Antonio Conte, que vive relação conturbada com a diretoria dos Blues e é um dos favoritos para treinar a seleção italiana.

Maurizio Sarri é um nome mais recente nas especulações, mas o trabalho feito com o time do Napoli, recolocando o clube no patamar de protagonista e rival da Juventus no Campeonato Italiano, têm servido de estudo também para Arsenal e Chelsea terem seu nome em pauta. Um novo integrante na briga pelo treinador de 59 anos pode ser o Tottenham, desde que Mauricio Pochettino deixe o clube.

Os rivais londrinos não são as únicas equipes que devem ter novos comandantes na próxima temporada. O cargo no Paris Saint-Germain também está vago desde que Unai Emery confirmou que não irá permanecer. Outro que não possui permanência garantida é Zinédine Zidane, mas a classificação para mais uma final de Liga dos Campeões deve manter o francês no clube merengue.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.