Bauru derrota o Paulistano e empata série na semifinal do NBB

 (Foto: Divulgação/NBB)
Neste sábado, o Paulistano recebeu o Bauru, no Ginásio Antônio Prado Junior, pela segunda partida da semifinal do NBB. Com 1 a 0 para o adversário, a equipe do interior paulista começou imprimindo um ritmo intenso, porém, os mandantes não deixavam barato e equilibravam o embate no primeiro tempo, fechado com vitória dos visitantes por apenas um ponto de diferença.

Depois do intervalo, a equipe comandada por Demétrius Ferracciú melhorou sua defesa, neutralizou o rival e foi eficiente no ataque para ganhar o jogo por 70 a 59 e empatar a série em 1 a 1. O grande destaque da partida foi Rafael Hettsheimeir, dono de um duplo-duplo, conquistado com 23 pontos e 14 rebotes.

O terceiro duelo da série melhor de cinco acontece nesta terça-feira, às 19h30 (de Brasília), novamente com mando do Paulistano, no Ginásio Antônio Prado Junior.

A partida começou com as defesas trabalhando bem. Só a partir dos três minutos o placar começou a rodar e o Bauru, mesmo jogando contra a torcida, tomou a frente desde as primeiras conversões. O time do interior foi mais intenso e eficiente, conseguindo abrir certa margem e anular as subidas adversárias, chegando a ficar oito pontos na frente. O Paulistano acordou no final do quarto e diminuiu o prejuízo para quatro pontos.

A segunda parcial foi mais equilibrada. Os dois times tiveram mais facilidade de se infiltrar no garrafão adversário desde os primeiros minutos. Com a vantagem, o Bauru continuou um pouco acima do anfitrião, e chegou a aumentar a diferença em alguns momentos. No entanto, faltando menos de três minutos para o cronômetro zerar, o Paulistano se mostrou mais ofensivo e anotou seis pontos seguidos, indo para os vestiários atrás do marcador por apenas um ponto.

As equipes voltaram com um ótimo aproveitamento nos ataques e, com isso, a partida se mantinha equilibrada, sem nenhum dos times se desgarrar no marcador. Nos instantes finais do quarto, a bola de três pontos do Bauru caiu. Através disso, os comandados de Demétrius Ferracciú foram para o último período em vantagem: 54 a 50.

Ciente da importância da partida, os times começaram o quarto decisivo focados e não propiciaram cestas até os quatro minutos. O Paulistano, posteriormente, encostou no marcador, baixando a diferença para apenas um ponto. Porém, o Bauru, eficiente em seus ataques, cresceu de produção e abriu vantagem, ganhando o período por 16 a 9 e partida por 70 a 59.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.