Brasileiros dão show e avançam em peso ao Round 4 em Bali

(Foto: SONNY TUMBELAKA/AFP)
Após dois dias sem condições para o Mundial de Surfe continuar em Bali, o round 3 foi, finalmente, disputado no Corona Bali Protected, na noite desta quarta-feira (31) no Brasil, já manhã de quinta na Indonésia. Com ondas boas e ventos mais fracos que nos dias anteriores, a Brazilian Storm fez uma ótima aparição e classificou seis surfistas para o round 4 da competição.

Quem entrou na água primeiro para fazer bonito foi Jesse Mendes, que pela primeira vez na carreira conseguiu avançar do round 3 e o brasileiro conseguiu esse feito justamente em cima do bicampeão mundial John John Florence. A vitória sobre o havaiano ainda veio com emoção, nos últimos minutos, precisando de um 5.20, Jessé encaixou um aéreo e ganhou um 7.17, se classificando com 13.34 pontos, contra 11.37 do John John.

William Cardoso entrou em bateria equilibrada contra o australiano Owen Wright, mas conseguiu liderar a disputa desde o começo. O brasileiro venceu por pouco, por 12.00 contra 10.37. Logo em seguida, Michael Rodrigues não teve a mesma sorte contra o também australiano Adrian Buchan ao somar apenas 8.83 contra 11.40 do adversário.


(Foto: ED SLOANE/AFP)
Já Gabriel Medina teve uma bateria mais tranquila, contra o sul-africano Michael February. Mostrando o melhor do seu repertório, o campeão mundial de 2014 conseguiu de cara um 7.50 e foi aumentando a somatória ao longo da bateria. Com 15.70, o brasileiro ficou com a segunda melhor nota do dia.

Na disputa entre brasileiros, Ítalo Ferreira levou a melhor contra Thomas Hermes. Os 14.30 superaram os 10.10 do compatriota e mantêm viva a busca pelo topo do ranking de Ítalo. Logo em seguida Mineirinho enfrentou o australiano Joel Parkinson e cravou um duelo acirradíssimo, vencendo por menos de um ponto, com 14.13 contra 13.46.

Foi com Filipe Toledo que a Brazilian Storm fechou o dia em alto nível e com tranquilidade. O, agora, líder do ranking mundial, somou 14.43 contra 8.43 do havaiano Keanu Asing. Filipinho conquista a liderança antes mesmo da etapa de Bali acabar por conta da eliminação de Kulian Wilson em sua bateria contra o também australiano Mikey Wright. Agora três brasileiros têm a chance de encerrar a etapa na liderança: Filipinho, Medina e Ítalo.

O round 4 conta, inclusive, com uma bateria totalmente brasileira, entre Filipinho, Ítalo e Mineirinho.



ROUND 3 MASCULINO:

Bateria 1: John John Florence (HAV) 11.37 x 13.34 Jessé Mendes (BRA)
Bateria 2: Michel Bourez (PYF) 15.17 x 12.97 Ezekiel Lau (HAV)
Bateria 3: Owen Wright (AUS) 10.37 x 12.00 Willian Cardoso (BRA)
Bateria 4: Adrian Buchan (AUS) 11.40 x 8.83 Michael Rodrigues (BRA)
Bateria 5: Matt Wilkinson (AUS) 15.40 x 15.84 Griffin Colapinto (EUA)
Bateria 6: Julian Wilson (AUS) 11.83 x 12.27 Mikey Wright (AUS)
Bateria 7: Gabriel Medina (BRA) 15.70 x 9.44 Michael February (AFS)
Bateria 8: Frederico Morais (PRT) 13.50 x 16.04 Jeremy Flores (FRA)
Bateria 9: Jordy Smith (AFS) 16.36 x 9.00 Conner Coffin (EUA)
Bateria 10: Ítalo Ferreira (BRA) 14.30 x 10.10 Tomas Hermes (BRA)
Bateria 11: Adriano de Souza (BRA) 14.13 x 13.46 Joel Parkinson (AUS)
Bateria 12: Filipe Toledo (BRA) 14.43 x 8.83 Keanu Asing (HAV)

ROUND 4 MASCULINO:

Bateria 1: Jessé Mendes (BRA) x Michel Bourez (PYF) x Willian Cardoso (BRA)
Bateria 2: Adrian Buchan (AUS) x Griffin Colapinto (EUA) x Mikey Wright (AUS)
Bateria 3: Gabriel Medina (BRA) x Jeremy Flores (FRA) x Jordy Smith (AFS)
Bateria 4: Ítalo Ferreira (BRA) x Adriano de Souza (BRA) x Filipe Toledo (BRA)

Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.