Com dois de Nenê, São Paulo bate América-MG e entra no G4

(Foto: Pedro Vale/AGIF)
O São Paulo ingressou no G4 do Campeonato Brasileiro durante a noite deste domingo. Jogando no Estádio Independência, onde o América-MG defendia um aproveitamento de 100% na competição, a equipe tricolor foi mais eficiente do que o rival e venceu por 3 a 1, com gols de Diego Souza e Nenê (2), em duelo válido pela sétima rodada do torneio nacional.

Com a vitória, a primeira como visitante no Brasileiro, o time dirigido por Diego Aguirre assumiu o quarto lugar, com 13 pontos ganhos, apenas um a menos do que o líder Flamengo. De quebra, ainda se manteve como único invicto do campeonato, com três triunfos e quatro empates. Já o Coelho caiu para a 11ª posição, com dez pontos.

Na próxima rodada, o São Paulo tentará se manter na parte de cima da tabela diante do Botafogo, às 21 horas (de Brasília) desta quarta-feira, no Morumbi. No dia seguinte, a partir das 18 horas, o América-MG buscará a reabilitação frente ao Corinthians, em Itaquera.

Tricolor eficiente em primeiro tempo elétrico

Com Araruna no lugar de Marcos Guilherme – poupado para não se aproximar do limite de jogos por clube na competição -, o São Paulo abriu o placar logo aos sete minutos. Em contra-ataque puxado por Nenê, Everton recebeu na esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área. Lá estava Diego Souza, que só empurrou para a rede, anotando o seu terceiro gol no torneio.

Os visitantes, contudo, tiveram pouco tempo para comemorar. Quatro minutos depois do gol tricolor, Norberto passou a bola entre as pernas de Reinaldo na direita e tocou para Rafael Moura, dentro da área. O centroavante dominou e finalizou no ângulo esquerdo, sem chances para Sidão.

Com a marcação alta, o Coelho manteve o jogo acelerado. Aos 20 minutos, Leandro Donizete arriscou de longe e exigiu grande defesa de Sidão. Aos 33, Rafael Moura recebeu na intermediária e chutou forte. A bola passou rente ao travessão. Pouco depois, o atacante bateu cruzado após contra-ataque. O arqueiro tricolor, com a ponta dos dedos, mandou para escanteio.

Como quem não faz toma, o São Paulo foi mais eficiente e retomou a liderança do marcador. Nos acréscimos do primeiro tempo, após cobrança de falta, Arboleda foi agarrado por Matheus Ferraz dentro da área. Na cobrança do pênalti, Nenê bateu rasteiro, de chapa. O goleiro Jori pulou no canto certo, mas não alcançou a bola.

Nenê faz golaço e garante vitória

O Tricolor quase ampliou a vantagem no primeiro lance da etapa complementar. Após Arboleda desviar cobrança de escanteio na primeira trave, Hudson apareceu livre na pequena área, mas testou para fora. Pouco depois, em contragolpe rápido, Everton recebeu de Araruna na esquerda e bateu com força. Jori, bem colocado, fez a defesa.

Mas o terceiro da equipe visitante não demoraria a acontecer. E ele veio em forma de golaço. Aos 15 minutos, cobrando falta sofrida por Militão na ponta direita da área, Nenê bateu colocado, a bola passou por cima da barreira e só parou no ângulo esquerdo de Jori, que saltou em vão.

Enderson Moreira, então, sacou Aderlan e Rafael Moura para colocar os atacantes Ademir e Judivan. Diego Aguirre respondeu promovendo as entradas de Tréllez e Valdívia nos lugares de Diego Souza e Araruna. Depois, para manter o jogo cadenciado, o uruguaio ainda lançou mão de Liziero na vaga de Everton.

A estratégia funcionou, e o São Paulo administrou bem o resultado sem passar sufoco nos minutos finais, quando ainda teve chances de marcar o quarto gol em contra-ataques. Com o sistema defensivo bem postado, o time de Aguirre confirmou o seu primeiro triunfo como visitante no Brasileirão 2018.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 1 X 3 SÃO PAULO

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de maio de 2018, domingo
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Correa (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)
Cartão Amarelo: Aderlan, Matheus Ferraz, Giovanni e Juninho (América-MG); Hudson, Bruno Alves e Militão
Cartão Vermelho: –
Gols:
AMÉRICA-MG: Rafael Moura, aos 11 minutos do primeiro tempo
SÃO PAULO: Diego Souza, aos sete minutos do primeiro tempo; Nenê, aos 47 minutos do primeiro tempo, e aos 15 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Sidão; Militão, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Araruna (Valdívia); Nenê, Everton (Liziero) e Diego Souza (Tréllez)
Técnico: Diego Aguirre

AMÉRICA-MG: Jori; Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Giovanni; Leandro Donizete, Juninho, Serginho, Aderlan (Ademir) e Luan (Ruy); Rafael Moura (Judivan)
Técnico: Enderson Moreira


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.