Coritiba arranca empate diante do Oeste em Barueri

(Divulgação/CFC)
Buscando se aproximar dos líderes da Série B do Campeonato Brasileiro, o Coritiba ficou no empate em 1 a 1 diante do Oeste, jogando na Arena Barueri, no interior paulista. Com o resultado, o Coxa chegou aos sete pontos, na sétima colocação. Já o Rubro-Negro, com cinco pontos, é 11º colocado.

O placar foi aberto apenas na segunda etapa, logo no primeiro minuto, com Wallace Bonilha, que aproveitou cobrança de falta para cabecear e balançar a rede. Guilherme Parede deixou tudo igual, aos 25 minutos.

Na próxima rodada, o Oeste enfrenta o São Bento, sábado, no Estádio Walter Ribeiro. Já o Coritiba encara o Brasil de Pelotas, terça-feira, no Estádio Couto Pereira.

O jogo – As equipes começaram a partida com muito estudo e pouca ação no campo ofensivo. O Alviverde chegou pela primeira vez com algum perigo aos seus minutos, em cobrança de escanteio de Jean Carlos para Vitor Carvalho testar forte para boa defesa de Tadeu. A posse de bola ficava com a equipe paulista, que apenas virava de um lado para o outro do campo.

Pedrinho arriscou o chute, aos 13 minutos, mas a bola subiu demais, se perdendo pela linha de fundo. O troco veio logo na sequência com Kady, que bateu da intermediária, para fora. Aos 22 minutos, ótimo lançamento de Léo Arthur para Danielzinho, que ajeitou na entrada da área entes e chutar no cantinho, com perigo.

O Coritiba se fechava bem na defesa, impedindo as investidas do Oeste, mas com a bola no pé desperdiçava muitos passes e não conseguia progredir. Aos 38 minutos, Jean Carlos cobrou falta fechada na área e a defesa paulista subiu para afastar o perigo. Triangulação do ataque rubro-negro, aos 42 minutos, e a bola saiu dos pés de Conrado para Léo Artur, que de frente para a meta não alcançou e desperdiçou a chance.

Depois do intervalo, o técnico Eduardo Baptista tirou Jean Carlos e Kady para as entradas de Yan Sasse e Pablo. Mas logo no primeiro ataque, Léo Artur cobrou falta e Wallace Bonilha, de cabeça, mandou para o fundo da rede para a abrir a contagem. O gol cedo demais fez com que o Coxa saísse mais para o jogo, mas a dificuldade em manter a posse seguia. Aos 10 minutos, Pablo recebeu na entrada da área e foi travado na hora do chute.

O Oeste quase ampliou aos 16 minutos, com Bruno Lopes desviando na marca do pênalti para grande defesa de Wilson. Na resposta, Vitor Carvalho mandou um petardo, na cara do gol, e Tadeu salvou. O empate veio aos 25 minutos, com Guilherme Parede, que recebeu lançamento de Julio Rusch e tocou na saída de Tadeu para anotar.

Falta na entrada da área paulista, aos 33 minutos e, depois de muita indefinição, Julio Rusch cobrou falta em cima do próprio companheiro na barreira. Como de costume, mais uma vez o goleiro Wilson era o grande nome coxa-branca. Aos 39 minutos, ele parou chute de Carlinhos, que aproveitou vacilo da zaga para invadir a área e soltar o pé. Yan, nos acréscimos, teve a última chance, mas errou o arremate, isolando a bola.

OESTE 1 X 1 CORITIBA

Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Data: 04 de maio de 2018
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Vinicius Melo de Lima (RN) e Jean Marcio dos Santos (RN)
Cartões amarelos : Bonilha e Conrado (Oeste); Bruno Morais e Leandro Silva (Coritiba)

Gols
OESTE: Wallace Bonilha, a 01 minuto do segundo tempo
CORITIBA: Guilherme Parede, aos 25 minutos do segundo tempo

OESTE: Tadeu; Daniel Borges, Lidio, Patrick e Conrado; Rodrigo Souza, Wallace Bonilha, Léo Arthur (Claudinho) e Pedrinho (Marcinho); Bruno Lopes e Danielzinho (Carlinhos)
Técnico: Roberto Cavalo

CORITIBA: Wilson; Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alex Alves e Abner (Guilherme Parede); Vitor Carvalho e Júlio Rusch; Jean Carlos (Yan Sasse), Kady (Pablo) e Chiquinho; Bruno Moraes.
Técnico: Eduardo Baptista


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.