Roberto Mancini está muito perto do comando da Itália, afirma mídia internacional

(Foto: Divulgação)
Na última segunda-feira, Roberto Mancini foi visto em uma reunião com Alessandro Costacurta e Gabriele Oriale, ex-jogadores e agora dirigentes da federação italiana, conforme anunciado pelo Sky Sports. Atualmente no Zenit, da Rússia, Mancini pode ter chegado a um acordo com a entidade e assumir o posto de técnico da seleção italiana, que não joga a Copa do Mundo da Rússia este ano.

Segundo o Corriere dello Sport, Mancini terá contrato de dois anos com a Azurra e sua estreia seria em um amistoso no dia 28 de maio contra a Arábia Saudita. Já outro jornal italiano, o Gazzetta dello Sport, afirma que Roberto Mancini teria dito que “seria uma honra ser treinador da Itália”.

A seleção italiana foi eliminada do Mundial na repescagem das Eliminatórias, contra a Suécia, em novembro de 2017. Esta é sua primeira ausência da competição em 60 anos (a última foi em 1958), mas antes disso alguns problemas já permeavam não somente a equipe como toda a federação.

Para a vaga de técnico, outros nomes como Carlo Ancelotti, Antonio Conte e Claudio Ranieri surgiram como possíveis candidatos, além de Mancini.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.