Na prorrogação, Olympique garante vaga na final da Liga Europa

(Foto: Vladimir Simicek/AFP)
O Olympique de Marselha sofreu, mas conseguiu garantir vaga para a final da Liga Europa na prorrogação, nesta quinta-feira, na Red Bull Arena. Depois de perder por 2 a 0 para o Salzburg no tempo regulamentar, a equipe francesa contou com Rolando para marcar o gol da classificação na segunda etapa da prorrogação. Com isso, o placar agregado terminou em 3 a 2 para o time de Rudi Garcia.

Precisando do resultado, o Salzburg começou a partida buscando mais o ataque e assustou aos 13 minutos. Em uma jogada de toques rápidos, o time austríaco saiu do meio de campo e chegou até a entrada da área e Dabbur arrematou, mas o goleiro fez a defesa.

A resposta do Olympique veio aos 17. Em jogada rápida, Morgan Sanson recebeu a bola na entrada da área, arrematou, mas não pegou bem na bola. Com isso, a finalização foi para fora.

Aos 35 minutos, os mandantes tiveram falta do lado esquerdo da área, que quase foi pênalti, e começaram uma nova pressão. Como resultado, aos 37, Berisha fez arremate perigoso, entretanto Luiz Gustavo conseguiu desviar.

Os franceses voltaram bem para a segunda etapa. Germain tocou para Peyet, que, do lado esquerdo da área, fez um chute perigoso que bateu no lado de fora da rede.

O Salzburg conseguiu abrir o placar aos oito minutos, Caleta-Car passou para Haidara, que fez fila e tocou de três dedos na saída do goleiro, fazendo 1 a 0 com muita classe.
Precisando de apenas um gol para levar o jogo, os mandantes se lançaram ao ataque. Aos 13 minutos, André Ramalho chutou com muito efeito de fora da área e forçou Pelé fazer uma grande defesa. Um minuto depois, Dabbur finalizou para fora.
O segundo gol saiu aos 20 minutos. Após cobrança rápida de lateral, a defesa do Olympique tentou afastar o cruzamento rasteiro, entretanto a bola sobrou com Schlager, que finalizou e a bola desviou em Sarr antes de entrar.
Aos 25 minutos, Hee-Chan Hwang recebeu a bola dentro da área e forçou Pelé a fazer grande defesa. Minutos depois veio a resposta. Thauvin levantou, Payet cabeceou e acertou o travessão.
Vendo a partida indo para a prorrogação, o time de Rudi Garcia começou a jogar mais no campo de ataque e assustou algumas vezes com bolas na área, no entanto nenhuma foi em direção ao gol. Nos últimos minutos, o Olympique pediu um pênalti e, após cruzamento de Payet, N’Jie cabeceou para fora.
Logo no começo da prorrogação, os franceses quase marcaram o seu primeiro gol no jogo. Payet cruzou e Luiz Gustavo cabeceou para fora.
Aos oito minutos, depois de cobrança de escanteio, Caleta-Car cabeceou no meio da pequena área e Pelé fez um milagre, impedindo o Salzburg de fazer o terceiro. Já aos 12, Dabbur saiu nas costas da defesa, bateu cruzado e a bola foi ao lado da trave.
No segundo tempo da prorrogação, o juiz marcou um escanteio inexistente, Payet cobrou e Rolando colocou para o fundo do gol.
O Olympique de Marselha irá enfrentar o Atlético de Madrid na grande final da Liga Europa, na quarta-feira, dia 16 de maio, às 15h45 (de Brasília), no Parc Olympique Lyonnais.
FICHA TÉCNICA
RB SALZBURG 2 X 1  OLYMPIQUE DE MARSELHA
Local: Red Bull Arena, em Salzburgo, na Áustria
Data: 3 de maio de 2018, quinta-feira
Horário: 16h05 (horário de Brasília)
Árbitro: Sergei Karasev (RUS)
Assistentes: Anton Averianov (RUS) e Tikhon Kalugin (RUS)
Cartões amarelos: Haidara, André Ramalho, Caleta-Car  (Salzburg) Sarr, Maxime Lopez, Rami, Germain, Payet, Amavi (Olympique de Marselha)
Cartão vermelho: Haidara
GOLS:
Salzburg: Haidara, aos oito do segundo tempo, e Sarr contra, aos 20
Olympique de Marselha: aos 10 do segundo tempo da prorrogação
SALZBURG: Walke; Lainer, André Ramalho, Caleta-Car e Ulmer (Pongracic); Samassekou, Haidara, Berisha, Schlager (Minamino) e Dabbur; Gulbrandsen (Hwang Hee-Chan)
Técnico: Marco Rose
OLYMPIQUE DE MARSELHA: Yohann Pelé; Sarr, Rami, Luiz Gustavo e Amavi; Maximo Lopez (André-Frank Zambo Anguissa), Sanson (Rolando), Thauvin, Payet e Ocampos; Germain (N’Jie)
Técnico: Rudi Garcia

Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.