Para Perez, rendimento da última corrida não foi resultado de coincidências

 (Foto: Greg Baker/AFP)
A prova de Sergio Perez  no último GP do circuito da Fórmula 1, no Arzeibajão, chamou atenção, pelo piloto cair para a 15ª posição após a largada e conseguir uma ótima recuperação, terminando em terceiro. O bom rendimento e poder de recuperação do carro do espanhol que causou surpresa em alguns, não foi visto como acaso ou coincidência por ele.

“Obviamente, este resultado é uma coincidência com tantas coisas acontecendo. Mas não é uma coincidência que estamos sempre lá para receber qualquer coisa que nos seja oferecida. Acho que fomos definitivamente o quarto melhor time”, disse em relação às equipes em geral.

Quem também comentou foi o chefe de operações da Force India, Otmar Szafnauer, que comemorou o resultado melhor que o do ano passado. “No ano passado foi merecido. Definitivamente tivemos o ritmo de ter os dois carros no pódio, mas batemos e estragamos tudo. Hoje tivemos dois incidentes na primeira volta”, disse.

O chefe elogiou muito seu piloto pela corrida. “Ele é muito bom. A manobra de ultrapassagem em Stroll eu achei ótima. Eles têm a mesma unidade de potência que nós, então não houve vantagem. Então ele teve que frear muito, depois, mas ele fez um belo trabalho e acertou. Eu pensei que fosse muito tarde, eu pensei que ele iria travar as rodas, mas não aconteceu e conseguiu passar sem olhar para trás. Ele passou Grosjean muito facilmente. Ele foi ótimo domingo”., completou.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.