Rogerinho e Thiago Monteiro vencem bem e avançam em Istambul

(Foto: Divulgação/Argentina Open)
Nesta segunda-feira, o tênis brasileiro teve uma ótima notícia. Rogério Dutra Silva e Thiago Monteiro venceram na estreia do ATP 250 de Istambul e avançaram para a próxima fase do torneio. O paulista derrotou o tenista da Moldávia Radu Albot, por duplo 6/4, enquanto que o cearense enfrentou o austríaco Gerald Melzer e trinfou por 2 sets a 1, parciais 6/2, 3/6 e 6/1.

Melhor ranqueado do Brasil, Rogerinho apresentou um desempenho muito sólido e jogou com muita intensidade diante do também experiente Albot. Bastante agressivo no fundo de quadra e tentando dificultar a vida do adversário com bolas acima da linha da cintura, o brasileiro conseguiu quebrar três vezes o tenista da Moldávia e cedeu apenas uma quebra de serviço durante todo a partida. Com a vitória, Dutra Silva enfrentará agora o tcheco Jiri Vesely, que já derrotou Novak Djokovic na primeira rodada do Masters 1000 de Monte Carlo em 2016.

Já Thiago Monteiro encontrou um pouco mais de dificuldade para avançar de fase em Istambul. O cearense começou muito bem a partida e não perdeu a intensidade mesmo com o baixo desempenho no segundo set. Na última parcial, o brasileiro se mostrou muito bem na devolução e quebrou duas vezes o austríaco para fechar o terceiro set em 6/1.

A vitória foi muito importante para os dois tenistas brasileiros. Para Thiago Monteiro, o triunfo significou quebrar um longo jejum sem ganhar um jogo em nível ATP. A última tinha sido em Quito, quando o cearense conquistou seu melhor resultado na carreira ao chegar na semifinal do torneio.

Já para Rogerinho, a vitória significou manter confiante para o restante da temporada no saibro, já que o paulista é o brasileiro com resultados mais consistentes neste ano. Mesmo com 34 anos, Dutra Silva foi o melhor brasileiro no Aberto do Brasil, ao chegar até as quartas de final, e na semana passada, conseguiu chegar até à segunda rodada no ATP 500 de Barcelona.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.