Tribunal suíço acata pedido de recurso e Guerrero jogará a Copa do Mundo

 (Foto: AFP)
Paolo Guerrero está liberado e poderá representar o Peru na Copa do Mundo da Rússia. A decisão foi divulgada pelo Tribunal Federal da Suíça (TFS), órgão em que o atacante entrou com um recurso para poder suspender a sua pena de 14 meses do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

Pela manhã, o TAS havia publicado uma nota em que deixava claro que tinha conhecimento de que Guerrero havia solicitado um recurso a corte suíça e que não iria se opor a decisão tomada. Pouco tempo depois, o TFS divulgou um comunicado informando que o pedido do peruano foi acatado.

Apesar de estar liberado, a publicação do órgão suíço fala em efeito suspensivo. Dessa forma, a expectativa é de que o atacante ainda precise cumprir a sua pena após a disputa da Copa do Mundo.

Guerrero foi flagrado pelo antidoping após o confronto contra a Argentina pela Eliminatórias da Copa do Mundo, em outubro do ano passado. Na época, o peruano foi suspenso por 14 meses, porém conseguiu reduzir a pena para seis meses junto a Fifa. Posteriormente o TASvoltou a ampliar a sua pena para 14 meses, o que impedia o atacante de disputar a Copa do Mundo.

Para conseguir reverter a sua pena, Guerrero buscou o auxílio até do presidente da Fifa, Gianni Infantino, porém sem sucesso. Na última tentativa, o centroavante conseguiu a liberação através do recurso com o Tribunal Suíço.

Desta forma, o camisa 9 da seleção peruana está liberado para a disputa do mundial e deve estar presente na lista de 23 nomes de Ricardo Gareca, que deve entregar a lista final para a Fifa até o dia 4 de junho, a próxima segunda-feira.


Fopnte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.