Tucumán vence Peñarol e assume e vice-liderança do Grupo 3

(Foto: Walter Monteros/AFP)
Em confronto direto pela vice-liderança do Grupo 3 da Copa Libertadores, o Atlético Tucumán recebeu o Peñarol na noite desta quarta-feira no Estádio Monumental José Fierro, em San Miguel de Tucumán, na Argentina. Precisando da vitória para ultrapassar o rival uruguaio, os donos da casa não decepcionaram sua torcida e acabaram saindo de campo com o importante triunfo por 1 a 0, gol de Diaz, e, consequentemente, o segundo lugar da chave.

Agora, o Atlético Tucumán depende apenas de si para avançar às oitavas de final da Libertadores. Restando apenas uma rodada para o fim da fase de grupos, o time argentino enfrentará o Libertad, líder do Grupo 3, fora de casa, no próximo dia 17 de maio. Já o Peñarol recebe o The Strongest, no mesmo dia, no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

O jogo – O primeiro tempo foi bastante disputado no Estádio Monumental José Fierro. Jogando em casa, o Atlético Tucumán bem que tentou sair na frente e ficar mais confortável na partida, porém, poucas chances de gol foram criadas pelas equipes nos minutos iniciais. Focados mais em não dar brechas aos rivais, os donos da casa e o Peñarol acabaram duelando entre as intermediárias, fato que os obrigaram a tentar a sorte através das bolas paradas.

Somente aos 25 minutos houve uma primeira boa chance de gol. Pulga Rodríguez bateu falta na área, e o zagueiro Cabral apareceu no segundo pau para desviar, porém, mandou por cima do travessão. Se dentro de campo nada empolgava ou chamava a atenção, fora dele o destaque ficou por conta do técnico do Atlético Tucumán, Ricardo Zielinski, que acabou sendo expulso pelo árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci após subir o tom em suas reclamações.

Já no segundo tempo o Peñarol aproveitou os instantes iniciais para tentar pegar os adversários de surpresa. Logo aos dois minutos, Maxi Rodríguez foi oportunista e, de dentro da área, arrematou para o gol, mandando por cima do travessão e desperdiçando a chance mais clara de gol do jogo até então.

Como resposta, o Atlético Tucumán foi ainda mais incisivo aos 13 minutos do segundo tempo e, enfim, pôde balançar as redes com Diaz. O camisa 27 invadiu a área, cortou Brazeiro e bateu na saída do goleiro Dawson para colocar os donos da casa na frente e mais próximos da vice-liderança do Grupo 3 da Libertadores.

No minuto seguinte, quase o segundo do Atlético Tucumán. O time argentino saiu em contra-ataque pela esquerda com Risso, que conduziu a bola até invadir a área em jogada que contava com 4 jogadores da equipe anfitriã contra apenas um defensor do Peñarol, porém, acabou isolando, levando seus companheiros à loucura, que, por sorte, não precisaram do gol perdido para saírem de campo com o dever de casa feito.

Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.