Brasil bate Argentina e é ouro no handebol feminino dos Jogos Sul-Americanos

 (Foto: Divulgação/JSAC)
A quinta-feira (31) terminou dourada para o handebol brasileiro nos Jogos Sul-Americanos. A seleção feminina encarou a argentina e conquistou o ouro com uma vitória tranquila por 26 a 12. O time, mesmo desfalcado de Ana Paula e Duda Amorim, sua principal jogadora, foi campeão invicto e garantiu também uma vaga nos Jogos Pan-Americanos de Lima em 2019.

Na final, a Seleção Brasileira se impôs desde os primeiros ataques de partida, abrindo vantagem logo no começo e mostrando no placar toda a diferença técnica apresentada durante a competição. Com um jogo coletivo muito forte, ainda houve espaço para destaques pontuais, como Mariana, artilheira da final, com quatro tentos, além de Jaqueline Anastacio e Deonise Fachinello, que marcaram três vezes cada uma.

No fim, o marcador apontou para mais uma goleada das meninas do Brasil no torneio, 26 a 12. O time brasileiro não venceu nenhuma partida por menos de 10 pontos, atropelando todas as seleções que enfrentou. Na estreia nos Jogos Sul-Americanos, o Brasil não tomou conhecimento do Paraguai, vencendo por 33 a 16. O segundo desafio da Seleção Brasileira foi contra o Uruguai, com mais uma vitória tranquila, agora por 25 a 15. Na semifinal, a vítima da vez foi o Chile, com um triunfo tranquilo por 30 a 16. A medalha de bronze ficou com o Chile, que venceu o Paraguai.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.