Grosjean vai reutilizar motor que teve problemas em Montreal no GP da França

Foto: F1
Diferente do que era esperado, Romain Grosjean vai utilizar o mesmo motor do treino classificatório no Canadá, para os treinos deste final de semana na França.

O piloto da Haas teve problemas com um vazamento de óleo no treino do último Grande Prêmio, o que obrigou a instalação de novos compostos no motor Ferrari para a corrida de Montreal.

Com a chegada do GP em Paul Ricard, na França, a equipe previa descartar o motor e mudar para um novo. Contudo, a Ferrari informou na última semana, que o motor não sofreu qualquer dano, consequentemente, Grosjean vai utilizar do mesmo para os treinos livres desta sexta-feira (22).

A notícia veio em bom momento, já que essa seria a terceira troca do carro número 8, uma mudança tão cedo significava a certeza de uma punição para o piloto até o fim da temporada. Agora sem a necessidade de uma troca efetiva, a equipe pode trabalhar em uma solução para poupar seus motores.

Mesmo com tantos problemas, Gunther Steiner, chefe da Haas, garante que Grosjean superou os episódios em Baku e Barcelona e se sente bem com o carro, “ele estava muito confortável, apenas o resultado não apareceu ainda”.

Neste domingo (24), o piloto francês busca pontuar pela primeira vez no campeonato.
Tecnologia do Blogger.