Lorenne renova com Osasco-Audax e veste camisa da Seleção Brasileira

(Foto: Divulgação)
A temporada 2018/19 começou com duas boas notícias para Lorenne. A oposta renovou contrato com o Vôlei Osasco-Audax e foi convocada para a Seleção Brasileira que vai disputar a Copa Pan-Americana, de 6 e 15 de julho, na República Dominicana. “Foi muito bom jogar em um clube tão tradicional como Osasco e poder seguir no time é melhor ainda. Aprendi muito com as meninas mais experientes e comissão técnica, que sempre me ensinam e ajudam a crescer. A renovação foi um presente”, conta a atleta de 22 anos, 1,87m, natural de Belo Horizonte, Minas Gerais.

Lorenne se junta a Camila Brait, Hooker, Mari Paraíba, Carol Albuquerque e Nati Martins, como os primeiros nomes confirmados pelo Vôlei Osasco-Audax para a nova temporada. E ganha elogios do técnico Luizomar. “A Lorenne é uma atleta de muito potencial e que seguirá trabalhando conosco. Tenho certeza que vai evoluir muito e nos ajudar em quadra”, atesta o treinador. A oposta corresponde à afinidade. “Sempre acompanhei o trabalho do Luiz desde a base a Seleção. Mesmo de longe, ele me dava alguns toques visando o meu crescimento. Trabalhar com ele foi uma oportunidade muito boa. Tanto profissional como pessoalmente”.

Na temporada 2017/18, a equipe osasquense conquistou o sexto título consecutivo do Campeonato Paulista e o tricampeonato da Copa Brasil. Se depender da vontade de Lorenne, vai repetir o sucesso. “Espero que façamos um temporada tão gratificante quanto a passada, pensando sempre no crescimento da equipe. Vamos trabalhar bastante para chegar no lugar mais alto do pódio”, garante a oposta, que compartilha os objetivos do Vôlei Osasco-Audax pelo heptacampeonato estadual e de se manter entre as quatro forças da Superliga, a fim de lutar pelo título nacional.

Ciente de que a convocação é reflexo do trabalho realizado em Osasco, Lorenne também promete dedicação para trazer o título da Copa Pan-Americana. “As expectativas são sempre as melhores. Sou muito grata por vestir a camisa do Brasil e ter a oportunidade de poder representar meu país. Estamos nos preparando para conquistar o melhor resultado”, afirma a oposta que, no mesmo período do ano passado, quando foi contratada pelo Osasco Voleibol Clube, também estava com a Seleção Brasileira, mas da categoria Sub-23, que se preparava para o Campeonato Mundial.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.