Sport melhora no segundo tempo, mas não aproveita Grêmio desfalcado e fica no 0 a 0

Com o resultado, Leão vai para a parada da Copa do Mundo com 19 pontos
O Sport não conseguiu tirar proveito de um Grêmio com vários desfalques, entre eles alguma das suas principais estrelas, como o zagueiro Kanneman, o volante Maicon e os atacantes Luan e Everton, e não saiu do 0 a 0 nesta quarta-feira, na Ilha do Retiro, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Partida que marca a parada para a Copa do Mundo. Isso porque o próximo compromisso do Leão será apenas no dia 18 de julho, diante do Ceará, em Fortaleza. 

O resultado, apesar de poder ser considerado como um tropeço pelas circustâncias, não invalida a boa campanha do Leão na 12 primeiras rodadas da Serie A. Com 19 pontos, a equipe vai para a pausa com 19 pontos, em posição intermediária na classificação. Bem acima do desenhado no início da competição, quando os rubro-negros eram apontados como um dos maiores candidatos ao rebaixamento. O desafio agora é manter a performance na retomada do campeonato.
O jogo
Mais uma vez apostando na força do conjunto, o técnico Claudinei Oliveira repetiu praticamente a mesma escalação utilizada pelo Sport nas últimas partidas.  A única exceção foi no gol, onde o prata da casa Mailson herdou a vaga do suspenso Magrão. E com o mesmo conjunto, o futebol aplicado taticamente do Leão se repetiu.

Impondo uma forte marcação, muitas vezes na saída, o Sport não deixou o Grêmio respirar. Em alguns momentos, chegou a recuperar a bola no campo de ataque, faltando no entanto uma maior qualidade no passe ofensivo. E com as defesas tendo superioridade sobre os ataques, o primeiro tempo foi fraco em lances de perigo e emoção.

Tanto que em 47 minutos, o goleiro gremista Marcelo Grohe não foi obrigado a fazer nenhuma defesa. Já do lado leonino, o garoto Mailson trabalhou apenas em uma falta cobrada pelo volante Arthur e tomou um leve susto em finalização para fora do meia Lima. E foi só. Restava ao Sport, para a etapa final, aliar a boa marcação com um maior poder ofensivo, de qualidade na troca de passes e maior velocidade.
Segundo tempo
O futebol amarrado das duas equipes ao que parece agradou os dois treinadores, que voltaram para a etapa final com as mesmas formações. E as orientações do técnico Renato Gaúcho ao que parece surtiram mais efeito, com o Grêmio voltando melhor para a partida. Aos cinco minutos, Mailson voltou a aparecer em cabeçada de Thaciano.

Para recuperar a saída para o ataque, Claudinei Oliveira fez a primeira mudança aos 10 minutos, sacando o apagado Marlone para a entrada de Michel Bastos. E em sua primeira jogada, três minutos depois, o camisa nove cruzou para Rogério, mas Grohe chegou antes. Já foi mais do que o time havia criado até então no jogo.

Aos 17 minutos, Michel Bastos fez ainda melhor, com um lançamento do meio de campo que deixou Rogério livre de frente para o goleiro gremista. Porém, o atacante fez feio, ao se atrapalhar com a bola e perder a melhor oportunidade da partida. A essa altura, com Michel Bastos fazendo a diferença, o Sport pela primeira vez passou a ser superior em campo.

Sentindo o crescimento da sua equipe, Claudinei Oliveira deu suas últimas cartadas aos 28 minutos, com as entradas de Carlos Henrique e Everton Felipe nas vagas de Rogério e Gabriel, respectivamente. Mudanças que aumentaram ainda mais a pressão rubro-negra. Insuficiente, no entanto, para tirar o zero do placar. 
Ficha do jogo
Sport 0
Mailson; Raul Prata, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Deivid, Fellipe Bastos, Gabriel (Everton Felipe), Marlone (Michel Bastos) e Rogério (Carlos Henrique); Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira.

Grêmio 0
Marcelo Grohe, Léo Moura, Paulo Miranda, Bressan e Cortez; Cícero, Arthur, Ramiro, Thaciano (Kaio) e Lima (Pepê); André (Jael). Técnico: Renato Gaúcho.

Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Assistentes: Guilherme Camilo (Fifa/MG) e Sidmar Meurer (MG)
Cartões amarelos: Sander, Deivid, Ronaldo Alves (S), Kaio, Cícero (G) 
Público: 19.447


Fonte:Super Esportes
Tecnologia do Blogger.