Aldo nocauteia Stephens e volta a vencer no UFC

 Foto: Jeff McIntosh/AP
José Aldo entrou no octógono neste sábado, no UFC Calgary, no Canadá, com uma responsabilidade enorme. Embora a luta contra Jeremy Stephens não valesse o cinturão do peso-pena, o brasileiro tinha de dar uma resposta aos seus fãs após perder os seus últimos dois confrontos. E nada melhor que um nocaute logo no primeiro round, justamente no país em que iniciou sua carreira no Ultimate Fight Championship, para reencontrar a glória no esporte.

A luta começou bastante tensa entre os dois lutadores peso-pena. Se estudando inicialmente, ambos não demoraram para arriscar golpes mais agudos. Aldo, inclusive, chegou a ficar meio zonzo após ser golpeado na região do queixo. O brasileiro, no entanto, se manteve firme no octógono para, já nos instantes finais do primeiro round, aplicar um soco na linha da cintura de Stephens, que foi ao chão e acabou sendo nocauteado depois de seu oponente desferir uma série de golpes para liquidar a fatura.


Após a vitória, Aldo não escondeu seu desejo de voltar a disputar o título de sua categoria aos 31 anos. Embora já tenha detido o cinturão por anos, o manauara quer mais e faz questão de deixar claro que sua intenção é enfrentar novamente Max Holloway, responsável por acabar com o reinado do lutador radicado no Rio de Janeiro. Após perder para o norte-americano em junho e, posteriormente, dezembro de 2017, Aldo se vê pronto para exorcizar esse fantasma.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.