Arthur faz golaço, e Barça vence Tottenham nos pênaltis

Foto:Frederic J. Brown/AFP
O Barcelona enfrentou o Tottenham na madrugada deste domingo no estrádio Rose Bowl, em Pasadena, na Califórnia, em duelo válido pela Copa Internacional dos Campeões. Após dominar o primeiro tempo e abrir 2 a 0, com direito a um golaço de Arthur, no ângulo, o time culé cedeu o empate na etapa complementar e só levou a melhor nos pênaltis, superando os rivais por 5 a 3 com direito a última cobrança de Malcom.

Após a estreia com o pé direito na competição que serve como parte da pré-temporada de grandes clubes europeus, o Barcelona terá pela frente em solo norte-americano a Roma e, posteriormente, o Milan.

O Tottenham, por sua vez, enfrentará o Milan em seu último compromisso no torneio, já que antes de enfrentar o Barcelona havia derrotado a Roma por 4 a 1.

O jogo  – O Barcelona não teve muitas dificuldades para comandar as ações ofensivas no primeiro tempo. Mesmo sem contar com seus jogadores mais tarimbados e colocando em campo uma série de garotos, o time espanhol não demorou muito tempo para abrir o placar. Aos 15 minutos, o brasileiro Rafinha recebeu cruzamento na medida e ajeitou de cabeça para Munir, que, no segundo pau, precisou apenas completar de cabeça para colocar o time culé à frente no placar.

Posteriormente, aos 29, foi a vez de Arthur recebeu mais uma assistência de Rafinha, que vem mostrando um ótimo futebol após retornar de empréstimo à Inter de Milão. O ex-gremista, que fez sua estreia com a camisa do Barça na madrugada deste domingo, foi acionado na entrada da área, ajeitou e bateu no ângulo do goleiro adversário para ampliar.

Somente aos 33 minutos o Tottenham, enfim, assustou. E foi de bola parada. Em cobrança de falta, Eriksen bateu direto para o gol e forçou o goleiro Cillessen a fazer importante defesa para manter o placar inalterado e ir para o intervalo com a boa vantagem no marcador.

Segundo tempo

No segundo tempo, o técncio Ernesto Valverde decidiu preservar parte considerável da equipe que iniciou jogando. Arthur, Rafinha, Lenglet e companhia saíram para a entrada de outros jovens talentos, incluindo o brasileiro Malcom, nova contratação do Barcelona.

As alterações no time espanhol, no entanto, fizeram com que o Tottenham ganhasse força na etapa complementar. Aos seis minutos, por exemplo, Eriksen novamente quase descontou para o Tottenham em nova cobrança de falta. Desta vez, o meia dinamarquês decidiu bater por fora da barreira, colocando um efeito na bola e carimbando o travessão de Cillessen.

Aos 27 minutos, a persistência dos ingleses foi recompensada. Após boa trama pela esquerda, a bola sobrou para Eriksen, que bateu em cima do goleiro do Barcelona. Na sobra, Son, dentro da área, precisou apenas completar para diminuir.

Não satisfeitos, os Spurs chegaram ao empate no lance seguinte. Son tentou fazer mais um, mas foi travado. No rebote, a bola caiu nos pés de Nkoudou, que bateu de chapa para empatar o confronto e forçar a decisão nos pênaltis.

Na marca da cal, melhor para o Barça, que acertou todas as suas cobranças, a última delas, inclusive, ficou a cargo do brasileiro Malcom, outro estreante da noite, e contou com um chute desperdiçado do Tottenham para ficar com a vitória.


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.