Ceará derrota o Fluminense, consegue segunda vitória e deixa lanterna

 (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
Com um gol marcado por Leandro Carvalho no primeiro tempo, o Ceará derrotou o Fluminense por 1 a 0, em partida disputada na tarde deste sábado, no estádio Presidente Vargas, em jogo que marcou a abertura da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado fez o Alvinegro cearense chegar aos 11 pontos ganhos e deixar a última colocação para o Atlético Paranaense que ainda joga nesta rodada. O Fluminense viu o treinador Marcelo Oliveira perder a invencibilidade depois de três partidas. O Tricolor das Laranjeiras soma 21 pontos ganhos e ocupa a nona colocação.

O resultado fez justiça ao time dirigido por Lisca que foi sempre mais organizado do que o adversário. O time cearense souve aproveitar a oportunidade para definir o jogo e depois soube segurar a pressão da equipe carioca. O Fluminense fez um primeiro tempo muito fraco e não conseguiu melhorar na etapa final, mesmo com as mudanças efetuadas pelo seu treinador.

Na próxima rodada, o Ceará vai visitar o Paraná, em Curitiba. O Fluminense vai receber o Bahia, no Maracanã.

O jogo
Logo no primeiro minuto, o Fluminense chegou com perigo. Sornoza fez o lançamento e Pedro completou, mas a bola saiu, sem levar perigo para o gol do time da casa. Aos três minutos, o experiente volante Edinho que fazia sua estreia no Ceará, fez falta dura em Jadson e acabou recebendo o primeiro cartão amarelo do jogo.

O Fluminense chegou a colocar a bola nas redes aos sete minutos quando após dividida de Júnior Dutra e o goleiro Everson, Sornoza empurrou a bola para as redes, mas arbitragem invalidou o lance, marcando falta do atacante no goleiro.

O Ceará chegou pela primeira vez na área carioca aos nove minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Tiago Alves caiu na área e reclamou a marcação de pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.
O time dirigido por Lisca se empolgou e , aos 11 minutos, João Lucas arriscou e assustou o goleiro Julio Cesar. Logo depois, após cruzamento na área, Luiz Otávio concluiu, mas Julio Cesar fez a defesa.

Empurrado pela torcida, o Ceará marcava a saída de bola do Fluminense e exercia sorte pressão sobre a defesa tricolor. Aos 21 minutos, o goleiro Julio Cesar evitou o primeiro gol do time da casa ao defender, de forma espetacular, a cobrança de falta executada por Cardona.

Depois da parada técnica, o Fluminense voltou um pouco mais agressivo. Aos 21 minutos, Ayrton Lucas recebeu bom passe de Sornoza e bateu colocado, mas a bola saiu.

O Ceará reduziu a intensidade do ritmo inicial e a partida ficou truncada, com as duas equipes cometendo muitas faltas para interromper as jogadas.

Aos 32 minutos, a torcida alvinegra voltou a vibrar quando Juninho Quixadá se livrou da marcação e acertou a trave de Julio Cesar que apenas ficou na torcida para que a bola não entrasse.

O Fluminense respondeu aos 36 minutos. Gilberto levantou pela direita e Sornoza cabeceou com grande perigo, mas Everson fez a defesa. Dois minutos depois, Ayrton Lucas cruzou, Pedro concluiu e Tiago Alves salvou em cima da linha.

O Ceará saiu na frente do marcador aos 41 minutos. Leandro Carvalho recebeu de Juninho Quixadá, invadiu a área, deixou Gum sentado, e tocou na saída de Julio Cesar.

O Fluminense voltou para o segundo com duas mudanças. O técnico Marcelo Oliveira tirou o volante Jadson e o meia Sornoza e colocou os atacantes Luciano e Everaldo, numa tentativa de aumentar o poder ofensivo da equipe.

Aos seis minutos, o Fluminense perdeu uma grande chance para empatar. Após cruzamento perfeito de Gilberto, Luciano, inteiramente livre, cabeceou para fora.

O Tricolor das Laranjeiras passou a pressionar em busca do gol do empate, enquanto o Ceará se defendia e buscava espaços para surpreender a defesa adversária.

O Ceará não conseguia mais organizar jogadas ofensivas e se limitava a defender a vantagem conquistada no primeiro tempo. O Fluminense voltou a desperdiçar grande chance de empatar aos 31 minutos. Após cruzamento na área, a bola sobrou para Everaldo que, livre de marcação, chutou forte e mandou para fora.

Aos 37 minutos, Calyson teve a primeira chance de concluir, mas mandou por cima do gol defendido por Julio Cesar.

Nos minutos finais, o Fluminense se lançou de forma desordenada ao ataque em busca do gol do empate, mas o Ceará, muito bem postado, conseguiu segurar o resultado e garantir a importante vitória.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 1 X 0 FLUMINENSE

Local: estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Data: 28 de julho de 2018, sábado
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Cartão Amarelo: Edinho, Juninho Quixadá, Samuel Xavier, Cardona, Fabinho(CE);Gilberto(Flu)

Gol:
CEARÁ: Leandro Carvalho, aos 41 minutos do primeiro tempo

CEARÁ: Everson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio(Eduardo Brock) e João Lucas; Edinho, Fabinho e Cardona; Juninho Quixadá(Felipe Azevedo), Arthur e Leandro Carvalho(Calyson)
Técnico: Lisca

FLUMINENSE: Julio Cesar, Gilberto, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Matheus Norton, Jadson(Luciano) e Sornoza(Everaldo); Júnior Dutra(Matheus Alessandro) e Pedro
Técnico: Marcelo Oliveira


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.