Drugovich vence a primeira em Hungaroring e segue líder absoluto do Euroformula F3 Open

Felipe Drugovich
Felipe Drugovich manteve neste sábado (7), em uma das corridas mais conturbadas da temporada, seu domínio na disputa pelo título do Euroformula F3 Open. Largando da pole position, o brasileiro da RP Motorsport liderou de ponta a ponta a corrida que abriu a quarta etapa, no circuito de Hungaroring, na Hungria. O holandês Bent Viscaal e o argentino Marcos Siebert completaram o pódio da sétima corrida do campeonato de 2018.

A tomada de tempos classificatória foi disputada sob chuva e Drugovich assegurou a sexta pole position no ano, 0s167 à frente de Viscaal, o segundo. Na corrida, largou assumindo a linha interna do traçado e, apesar da pressão do holandês nas primeiras curvas, estabeleceu sua liderança para vencer pela sexta vez no ano, chegando a 178 dos 189 pontos possíveis em sete corridas e abrindo vantagem de 83 pontos na liderança da tabela.

A corrida aconteceu com pista seca. “Não há muito o que dizer. A equipe fez um trabalho incrível tanto para o treino com chuva quanto para a prova, que foi no seco. O carro estava perfeito, me permitiu fazer tudo o que planejamos”, comemorou o brasileiro de 18 anos. “Foi uma etapa em que cumprimos a meta principal, que é o foco no campeonato, em conquistar o maior número possível de pontos, e hoje conseguimos todos os pontos”, resumiu.

A corrida que abriu a etapa da Hungria teve duas intervenções do safety car. A primeira, logo na segunda volta, por conta do acidente entre Guilherme Samaia e Leonardo Hoogenboom, que eliminou ambos da disputa – o holandês permaneceu na pista sem o aerofólio traseiro por mais 10 voltas. A intervenção durou quatro voltas. O safety car voltou à pista na 14ª volta, quando Christian Hahn e Lukas Dunner bateram na disputa pelo sétimo lugar.

Felipe Drugovich, que compete com apoio de Drugovich Auto Peças, Stilo e Alpinestars, voltará à pista em Hungaroring neste domingo (8), para a segunda e última corrida da etapa, que complementará a primeira metade da temporada do Euroformula F3 Open. A tomada de tempos classificatória terá início às 9h e a largada da corrida será dada às 13h10 – os horários são referentes à Hungria, que está cinco horas à frente de Brasília no fuso horário.

EUROFORMULA F3 OPEN – CORRIDA 1
(Resultado final em Budapeste após 19 voltas)
1º) Felipe Drugovich (BRA/RP Motorsport), 34min35s063
2º) Bent Viscaal (HOL/Teo Martin Motorsport), a 2s049
3º) Marcos Siebert (ARG/Campos Racing), a 4s979
4º) Matheus Iorio (BRA/Carlin Motorsport), a 5s877
5º) Cameron Das (EUA/Carlin Motosport), a 6s770
6º) Lukas Dunner (AUT/Drivex School), a 7s130
7º) Calan Williams (AUS/Fortec Motorsport), a 8s332
8º) Yves Baltas (EUA/Campos Racing), a 9s960
9º) Aldo Festante (ITA/Fortec Motorsport), a 10s807
NÃO COMPLETARAM
Christian Hahn (BRA/Drivex School), a 5 voltas
Leonard Hoogenboom (HOL/RP Motorposrt), a 12 voltas
Alex Karkosik (POL/Campos Racing), a 18 voltas
Guilherme Samaia (BRA/RP Motorsport), a 18 voltas
Melhor volta: Drugovich, na 19ª, 1min37s715, média de 161,404 km/h

Após sete corridas, a classificação do Euroformula F3 Open é: 1º) Felipe Drugovich, 178; 2º) Matheus Iorio, 95; 3º) Bent Viscaal, 92; 4º) Marcos Siebert, 78; 5º) Cameron Das, 67; 6º) Guilherme Samaia, 53; 7º) Alex Karkosik, 36; 8º) Lukas Dunner, 29; 9º) Jannes Fittje, 22; 0º) Aldo Festante, 14; 11º) Calan Williams, 12; 12º) Christian Hahn e Petru Florescu, 11; 14º) Michael Benyahia, 9; 15º) Leonard Hoogenboom, 7; 16º) Yves Baltas, 6.
Tecnologia do Blogger.