Em jogo fácil, Djokovic estreia com vitória em Wimbledon

(Foto: Oli Scarff/AFP)
Entrando na grama pela 100ª vez na carreira, o sérvio Novak Djokovic levou a melhor em sua estreia em Wimbledon, nesta terça-feira. Contra o norte-americano Tennys Sandgren, o cabeça de chave número 12 triunfou em três sets diretos, com parciais de 6/3, 6/1 e 6/2, em 1h36 de embate.

Agora, seu desafio é contra Horacio Zeballos. O argentino vem de vitória de virada em cima de seu compatriota, Guido Andreozzi. Para avançar, Zeballos fez parciais de 4/6, 7/6 (7-1), 6/4 e 6/4. O retrospecto dele com Djokovic é favorável para o sérvio, que bateu no rival no único embate entre os dois, em Doha.

Na primeira etapa de sua estreia, um dos favoritos para levar o título não teve grandes dificuldades para vencer. Ele não viu nenhum de seus serviços serem ariscados e conseguiu quebrar o adversário em duas chances para ficar à frente. O segundo set foi muito parecido, com duas quebras de Djokovic em cima de Sandgren e sem grandes problemas para o sérvio.

A parcial decisiva foi um pouco mais acirrada. Apesar do número 21 do mundo abrir 3/0, o norte-americano reagiu com uma quebra, para diminuir a vantagem. Novak, entretanto, não deixou passar outra chance, mostrou superioridade e venceu.

Com o resultado, Djoko ficou a uma vitória de anotar seu 60º triunfo na grama londrina. O número faz dele o quinto maior vencedor no All England Club, atrás de Roger Federer, que soma 92, Jimmy Connors (84), Boris Becker (71) e Pete Sampras (63).


Fonte:Gazeta Esportiva
Tecnologia do Blogger.