Enderson exalta equipe e lamenta empate

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia
O empate aos 48 minutos do segundo tempo foi bastante comemorado pela torcida do Bahia. Afinal, com o ponto somado o Tricolor deixou a zona de rebaixamento.

Mas, engana-se quem pensa que Enderson Moreira ficou satisfeito. Após a partida, o técnico exaltou a atuação da equipe e lamentou a igualdade no placar.

"Estamos num processo de evolução. Hoje, infelizmente não conseguimos o triunfo, os três pontos, mas merecemos muito. Talvez a gente tenha pagado o preço dos primeiros seis minutos, onde fomos muito abaixo. O segundo tempo foi de uma equipe só atacando e a outra se defendendo. Merecíamos um resultado bem diferente do que foi. O empate, hoje, quem pode comemorar é o Atlético-MG", disse.

O treinador também lamentou, e criticou, os erros da arbitragem, que deixou de marcar um pênalti para o Esquadrão, e ainda defendeu o uso do árbitro de vídeo. "O que eu acho é que há uma passividade, em determinados momentos, de marcar algumas situações para uns, e uma dificuldade enorme de marcar para outros. O VAR pode minimizar muito essas questões. O que a gente quer é que haja o máximo de justiça possível".

O Bahia volta a campo na próxima quinta-feira (2), diante do Palmeiras, na Arena Fonte Nova, pela rodada de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A partida terá o árbitro de vídeo, função que será ocupada por Leandro Vuaden.
Tecnologia do Blogger.