Vettel conquista a pole na Alemanha; Hamilton tem problema e é o 14º - Atividade Esporte News
⚽Notícias

21 julho 2018

Vettel conquista a pole na Alemanha; Hamilton tem problema e é o 14º

(Foto: Reprodução/Twitter)
Depois de comprometer o treino livre, a chuva deu uma trégua em Hockenheim e não foi problema para o treino classificatório neste sábado, muito bom para a Ferrari e péssimo para a Mercedes. A escuderia italiana terá seus dois pilotos entre os três primeiros no grid de largada, enquanto a equipe alemã viu Lewis Hamilton ficar no Q2.
Em seu país natal, o alemão Sebastian Vettel, líder do Mundial de Pilotos, marcou 1:11.212, melhor tempo da história do circuito de Hockenheim, e larga na pole position. Seu concorrente direto, Lewis Hamilton, da Mercedes, teve um dia para esquecer. No primeiro treino classificatório depois de sua renovação de contrato com a Mercedes, o carro do britânico apresentou problema no câmbio. Com isso Hamilton disputou apenas o Q1 e larga na 14ª posição.


Logo atrás de Vettel, o companheiro de Hamilton, Valtteri Bottas, marcou 1:11:416 e larga na segunda posição. O finlandês Kimi Raikkonen, que marcou 1:11.547, larga na terceira posição, coroando uma ótima sessão da Ferrari. Max Verstappen, da Red Bull, larga na quarta posição, muito à frente de seu companheiro Daniel Ricciardo, que larga na última posição após ser punido por mudanças no motor de seu carro.
A Haas aproveitou os problemas de Hamilton e Ricciardo para povoar a terceira fila no grid de largada. O dinamarquês Kevin Magnussen será o quinto colocado neste domingo, enquanto o francês Romain Grosjean será o sexto. O Grande Prêmio da Alemanha será às 10 horas (de Brasília) deste domingo.

Ferrari domina Q1; Hamilton tem problema no câmbio

No decorrer do fim de semana a Red Bull dominou os treinos livres, mas foi a Ferrari que começou o treino classificatório com tudo. Os dois pilotos da escuderia italiana ficaram nas duas primeiras posições, com Raikkonen na primeira posição, com 1:12.505, e Vettel na segunda, com 1:12.000. Bottas, da Mercedes, terminou logo atrás. Os primeiros eliminados do dia foram Vandoorne, Stroll, Hartley, Gasly e Ocon.
Atual campeão do Mundial de Pilotos, Lewis Hamilton foi o quinto melhor do Q1. No entanto, o carro do piloto da Mercedes apresentou problema no câmbio que impedia a troca de marchas. Ele parou na pista nos últimos instantes da sessão e teve seu carro empurrado.
Apesar de ter sido punido por mudanças no motor e largar na última posição, Daniel Ricciardo, da Red Bull, participou do Q1 normalmente. Ele fez o nono melhor tempo, com 1:13.318.

Bottas lidera o Q2 com direito a bandeira vermelha

Sem Hamilton, que não marcou tempo no Q2, a Mercedes contava apenas com Bottas e ele correspondeu, marcando o melhor tempo da segunda parte do treino, com 1:12.152. Verstappen ficou na segunda posição, seguido pelas Ferraris de Raikkonen e Vettel.
A segunda parte da sessão ficou nove minutos parada com bandeira vermelha depois que Marcus Ericsson errou na curva 13, saiu da pista e, na volta, trouxe muitas pedras ao asfalto. O treino foi interrompido para a limpeza completa do trecho.

Lewis Hamilton não foi o único campeão mundial eliminado no Q2. O espanhol Fernando Alonso, da Mercedes, marcou 1:13.614, ficou na 11ª posição e não avançou para o Q3. Logo atrás de Alonso, Sergey Sirotkin, da Williams, e Marcus Ericsson, da Sauber, também foram eliminados.

Vettel e Bottas disputam a pole no Q3 e o alemão leva a melhor

Na terceira e decisiva parte do treino classificatório, as maiores emoções ficaram para os segundos finais. Sebastian Vettel fez boa volta logo cedo e permaneceu na liderança até a última volta rápida dos pilotos. Em sua última chance, Valtteri Bottas fez excelente terceiro setor e tirou a pole position de Vettel por alguns segundos, mas o alemão a recuperou poucos segundos depois, marcando 1:11.212, melhor volta da história do circuito.
Bottas, que marcou 1:11.416, larga na segunda posição, logo atrás do dono da casa. Kimi Raikkonen marcou 1:11.547 e será o terceiro colocado. Na quarta posição, Max Verstappen, da Red Bull, completa a segunda fila após marcar 1:11.822.

 A surpreendente Haas compõe a terceira fila. Kevin Magnussen marcou 1:12.200 e larga na quinta posição. Atrás dele, Romain Grosjean será o sexto colocado. Na quarta fila largam os dois carros da Renault, com Nico Hulkenberg em sétimo e Carlos Sainz em oitavo. Charles Leclerc, da Sauber, e Sergio Perez, da Force India, completam as dez primeiras posições.

Grid de largada do Grande Prêmio da Alemanha
1º: Sebastian Vettel (ALE/Ferrari): 1:11.212
2º: Valtteri Bottas (FIN/Mercedes): 1:11.416
3º: Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari): 1:11.547
4º: Max Verstappen (HOL/Red Bull): 1:11.822
5º: Kevin Magnussen (DIN/Haas): 1:12.200
6º: Romain Grosjean (FRA/Haas): 1:12.544
7º: Nico Hulkenberg (ALE/Renault): 1:12.560
8º: Carlos Sainz (ESP/Renault): 1:12.692
9º: Charles Leclerc (MON/Sauber): 1:12.717
10º: Sergio Perez (MEX/Force India): 1:12.774
11º: Fernando Alonso (ESP/McLaren): 1:13.614
12º: Sergey Sirotkin (RUS/Williams): 1:13.708
13º: Marcus Ericsson (SUE/Sauber): 1:13.562
14º: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes): não saiu dos boxes no Q2
15º: Esteban Ocon (FRA/Force India): 1:13.720
16º: Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso): 1:13.749
17º: Brendon Hartley (NZE/Toro Rosso): 1:14.045
18º: Lance Stroll (CAN/Williams): 1:14.206
19º: Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren): 1:14.401
20º: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull): punido por mudanças no motor


Fonte:Gazeta Esportiva



Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top