Lateral Léo Pelé concedeu entrevista nesta terça

Fotos: Felipe Oliveira / EC Bahia
Autor da cobrança de lateral que resultou no gol de empate contra o Atlético Mineiro, o lateral Léo concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (31). Para o atleta, a jogada é uma boa arma quando a equipe não está bem tecnicamente.

“No treino, agora sim os treinadores viram que tenho potencial forte e estão fazendo jogadas para surpreender o adversário. No Ba-Vi teve uma jogada que Vinícius chutou e a bola subiu. Tem a jogada em que o zagueiro raspa. Espero que continue dando certo. Tem que ir jogo a jogo. Tem que ser guerreiro jogo a jogo. As vezes o time não está indo bem tecnicamente, sempre passo que tem que ir na raça, na vontade, para suprir o que não está dando certo na técnica”, falou.

Pela sexta vez no ano, o Tricolor fez gol nos minutos finais das partidas. Foi assim contra o Atlântico e Juazeirense no Campeonato Baiano, e Santos, Botafogo, Corinthians e Atlético Mineiro. O lateral comemorou o feito e valorizou a luta da equipe até o fim dos jogos.

“Quando cheguei, a primeira vez que a gente conseguiu isso, me passaram que o Bahia tinha esse histórico de fazer gol no final. Mas não quero que aconteça toda hora não. Quero que a gente faça um, dois, três no decorrer do jogo. Mas se for para não perder… É o que a gente sempre passa: não deu para vencer, não perde. Isso que a gente está lutando para fazer”, disse.

Ouça a entrevista completa:
Tecnologia do Blogger.