Vasco é derrotado pela LDU e se complica na Copa Sul-Americana

 (Foto: RODRIGO BUENDIA/AFP)
O Vasco mais uma vez na temporada sucumbiu na altitude. Desta vez, o time comandado pelo técnico Jorginho foi derrotado por 3 a 1 pela LDU-EQU, nesta quarta-feira, em Quito, em duelo válido pela Copa Sul-Americana. Assim como na Pré-Libertadores, quando foram goleados pelo Jorge Wilstermann-BOL, os Cruzmaltinos sofreram com as bolas aéreas dos equatorianos e não conseguiram evitar o resultado negativo.

Os cariocas erraram muito no primeiro tempo e viram a LDU abrir 2 a 0 com gols de Anangono e Johan Julio. No segundo tempo, o Vasco melhorou e diminuiu com Thiago Galhardo, de pênalti, no entanto, já na reta final da partida, Anangono voltou a assombrar a defesa alvinegra marcando mais um, o terceiro dos donos da casa.

Agora, o Vasco precisa vencer por 2 a 0 para avançar na competição. O confronto de volta será no dia 9 de agosto, no Rio de Janeiro. O vencedor vai enfrentar na próxima fase quem avançar de Deportivo Cali-COL e Bolívar-BOL. No duelo de ida, na Colômbia, os donos da casa golearam por 4 a 0.

O jogo – O Vasco começou bem a partida, impedindo que a LDU pressionasse em seu campo de defesa. No entanto, na primeira chegada com qualidade, os donos da casa abriram o placar aos sete minutos. Após cruzamento pela direita, Anangonó cabeceou livre para o gol. Martín Silva ainda encostou na bola antes de ir para a rede.

O revés não fez o Vasco mudar de postura dentro da partida. Os cruzmaltinos seguiam com muitos toques de bola, mas sem conseguir criar boas chances de gol. Já a LDU assustava cada vez que chegava ao ataque. Tanto que aos 18 minutos, após chute de fora da área, o zagueiro Salaberry desviou de cabeça e acertou o travessão.

No entanto, aos 19 minutos, a LDU ampliou o placar em Quito. Após erro de Ricardo Graça, a bola chegou em Johan Julio. O meia chutou para o gol, Martín Silva defendeu, mas o próprio equatoriano pegou. Rebote e empurrou para a rede.

O segundo gol foi sentido pelos cariocas. A equipe passou a cometer muitos erros e viu a LDU quase marcar o terceiro aos 29 minutos. Em contra-ataque rápido, a bola chegou em Johan Julio na área, mas o meia finalizou pela linha de fundo.

Somente na parte final, o Vasco melhorou e conseguiu equilibrar a partida. Os cruzmaltinos chegaram com mais intensidade ao ataque e desperdiçou boa chance aos 42 minutos, em chute de Giovanni Augusto que foi pela linha de fundo. Assim, os donos da casa foram para o intervalo bom boa vantagem no placar.

No segundo tempo, os cariocas voltaram com a mesma postura do fim da etapa inicial. O Vasco impediu a pressão da LDU e chegava com qualidade ao ataque. Os cruzmaltinos marcaram o primeiro gol aos oito minutos. Kelvin foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Thiago Galhardo cobrou sem chance para Gabbarini.

Após o gol, a LDU acordou e voltou a crescer na partida. Os equatorianos assustaram em duas oportunidades, com Orejuela e Anangonó. Em ambas, Martín Silva apareceu para salvar os vascaínos com boas defesas. Depois, foi a vez de Johan Julio finalizar comprido, pela linha de fundo.

Enquanto o Vasco parou de chegar com perigo após marcar, os equatorianos permaneciam assustando nos avanços. Aos 22 minutos, Anangonó recebe na área e chutou para boa defesa de Martín Silva. Em seguida, Quintero tabelou com Orejuela e tentou o cruzamento. A zaga vascaína fez o corte, mas a bola voltou no lateral, que chutou sobre o travessão.

O panorama da partida seguia o mesmo em Quito. A LDU continuava em busca do gol e quase marcou aos 36 minutos. Anangonó recebeu na entrada da área e chutou com perigo. De tanto insistir, os donos da casa chegaram ao terceiro gol aos 42. Após cruzamento, Anangonó cabeceou sem chance para Mart[in Silva e dar números finais em Quito.

FICHA TÉCNICA:
LDU-EQU 3 X 1 VASCO

Local: Estádio Casablanca, em Quito (Equador)
Data: 25 de julho de 2018, quarta-feira
Hora: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Juan Soto (VEN)
Assistentes: Elbis Gomez (VEN) e Lubin Torrealba (VEN)
Cartões amarelos: Guerrero e Johan Julio (LDU); Ricardo Graça e Martín Silva (Vasco)
GOLS
LDU: Arangonó, aos 7min do primeiro tempo e 42min do segundo tempo; Johan Julio, aos 18min do primeiro tempo
VASCO: Thiago Galhardo, aos 8min do segundo tempo

LDU: Gabbarini, Quintero, Guerra, Salaberry e Chalá; Vega (Rodríguez), Orejuela, Anderson Julio, Johan Julio (Borja) e Guerrero; Anangonó
Técnico: Paulo Repetto

VASCO: Martín Silva, Luiz Gustavo, Ricardo Graça, Oswaldo Henriquez e Henrique; Andrey, Bruno Cosendey (Raul), Thiago Galhardo, Wagner e Giovanni Augusto (Andrés Rios); Kelvin (Paulo Vitor)
Técnico: Jorginho
Tecnologia do Blogger.