Argentina esbarrou na contratação de Guardiola pelo alto valor, diz chefe da AFA

Foto:AFP/Arquivos / JUAN MABROMATA
A tentativa de contratar o espanhol Pep Guardiola como técnico da seleção da Argentina fracassou pelo alto preço do comandante do Manchester City, revelou nesta terça-feira Claudio Tapia, presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA).

Tapia sorriu quando um jornalista do canal TyC Sports perguntou se era verdade a tentativa de contratar Pep: "Muito difícil, é muito dinheiro", respondeu em tom de brincadeira.

"Vamos falar com todos, é preciso tomar a decisão com seriedade e conhecimentos necessários. Falaremos com (Diego) Simeone (Atlético de Madrid), com (Marcelo) Gallardo (River Plate), com (Mauricio) Pochettino (Tottenham) e os nomes que surjam dos dirigentes", acrescentou o mandatário.

Para os amistosos até o final do ano, a dupla formada por Lionel Scaloni e Pablo Aimar, comandante da seleção sub-20, vai liderar a equipe principal.

A seleção de Lionel Messi busca um treinador após a demissão de Jorge Sampaoli pelos maus resultados na Copa do Mundo da Rússia. A equipe sul-americana foi eliminada pela França nas oitavas de final (4-3).

"Algo averiguamos, mas existia impossibilidade. Fizemos consultas, estávamos dispostos a fazer um esforço, mas nunca pensamos que era realmente tanto (dinheiro)", disse o presidente da AFA com um sorriso no rosto.

Tapia disse que as tentativas de contratar o ex-treinador do Barcelona ficaram no vazio: "Tínhamos que hipotecar e nem mesmo assim", descreveu o dirigente.
Tecnologia do Blogger.