Atlético atropela Flamengo na Arena da Baixada e respira no Brasileirão - Atividade Esporte News
⚽Notícias

19 agosto 2018

Atlético atropela Flamengo na Arena da Baixada e respira no Brasileirão

Foto: Jonathan Campos
O Atlético deu mais um passo importante na luta para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com uma atuação beirando a perfeição, o Furacão fez o dever de casa, goleou o Flamengo por 3×0, na manhã deste domingo (19), na Arena da Baixada, chegou aos 18 pontos e subiu para a 18ª posição na classificação. Já podendo sair da área de risco da competição nacional na próxima rodada, o time comandado pelo técnico Tiago Nunes faz um confronto de seis pontos diante da Chapecoense, nesta quarta-feira (22), em Santa Catarina, na abertura do returno do torneio.

O primeiro tempo do Atlético foi impecável. Talvez o melhor até agora neste Campeonato Brasileiro. Diante de um dos maiores fregueses da história da nova Arena da Baixada, o Furacão buscou o gol desde o início, pressionou e conseguiu marcar aos 9 minutos. Em cobrança de falta ensaiada, Marcinho cobrou rasteiro no primeiro pau e Pablo, com oportunismo, desviou para as redes.

O time atleticano seguiu pressionando a saída de bola do Flamengo e dificultando a vida do atual vice-líder do Brasileirão. A equipe carioca, na melhor chance que criou no primeiro tempo, parou no goleiro Santos. O arqueiro atleticano defendeu o chute de Rodinei, de fora da área, e a tentativa de VItinho, no rebote.

O castigo para o Flamengo veio aos 16 minutos. Em boa trama ofensiva pela esquerda, Pablo cruzou, Nikão tentou e, no rebote de César, Raphael Veiga encheu o pé e ampliou a vantagem. Atordoado, o time carioca viu o Atlético ampliar quatro minutos mais tarde. Raphael Veiga cobrou escanteio e encontrou José Ivaldo, que cabeceou sem chances para César e marcou o terceiro gol rubro-negro.

Com larga vantagem no placar, o Atlético diminuiu um pouco o ritmo. Ao natural, o Furacão recuou um pouco, chamou o Flamengo para o seu campo, mas passou a terespaços para os contra-ataques. No entanto, foi o time flamenguista que criou as melhores chances no final do primeiro tempo. Aos 37, Willian Arão arriscou de fora e Santos defendeu mais. A equipe de Tiago Nunes, no entanto, quase fez o quarto ainda no primeiro tempo. Aos 44, Marcinho arriscou de fora e César evitou o gol atleticano.

O jogo no segundo tempo teve o Flamengo mais ofensivo para tentar uma reação que, pela postura do Atlético em campo, parecia ser pouco provável. O Furacão, então, com mais espaços, chegou perto de ampliar a vantagem aos 4 minutos, mas César defendeu o chute de Lucho González. A equipe carioca respondeu na sequência, mas Santos evitou o gol de Rodinei.

O Atlético seguiu com o controle do jogo. Eficiente na defesa, o time atleticano conseguia chegar com perigo a todo instante. Marcinho, por duas vezes, obrigou o goleiro César a trabalhar. O Flamengo respondeu na mesma moeda e, aos 17, Vitinho arriscou da entrada da área e Santos evitou o primeiro gol dos visitantes.

Mais efetivo e atuando de forma mais organizada, o Atlético ganhou fôlego novo com as entradas de Bruno Guimarães e Bruno Nazário. Eficiente na transição para o ataque, o Furacão quase fez o quarto aos 23 minutos. Marcinho cruzou e, dentro da área, Nikão mandou na trave do goleiro César.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro!

Com o Flamengo entregue em campo, o Atlético, no embalo da torcida, foi em busca do quarto gol. O estreante da manhã, Anderson Plata, quase marcou no seu primeiro toque na bola. O atacante recebeu pela direita na área, chutou cruzado e acertou a trave do goleiro César. Com o controle da partida, coube ao time do técnico Tiago Nunes apenas administrar a vitória importante sobre o Flamengo e que dá mais fôlego para o Furacão na luta contra o rebaixamento.

Ficha técnica
BRASILEIRÃO
1º Turno – 19ª Rodada

ATLÉTICO 3×0 FLAMENGO

Atlético
Santos; Jonathan, Léo Pereira, Zé Ivaldo e Renan Lodi; Wellington, Lucho González (Bruno Guimarães) e Raphael Veiga (Bruno Nazário); Nikão (Anderson Plata), Pablo e Marcinho.
Técnico: Tiago Nunes

Flamengo
César; Rodinei, Léo Duarte, Thuler e Renê; William Arão (Marlos Moreno), Cuéllar e Lucas Paquetá; Éverton Ribeiro (Geuvânio), Vitinho e Uribe (Lincoln).
Técnico: Maurício Barbieri

Local: Arena da Baixada
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Gols: Pablo 9, Raphael Veiga 16 e Zé Ivaldo 20do 1º
Cartões amarelos: Pablo, Léo Pereira, Zé Ivaldo (CAP); Vitinho (FLA)
Renda: R$ 744.350,00
Público total: 22.061


Fonte:Tribuna PR

Postar um comentário

Atividade Esporte News
Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente,opine,se expresse! este espaço é seu!

 
Back To Top